Pesquisar este blog

Translate

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Walk-Ins - Os Entrantes

"...Os walk-ins estão encarnados por todo o planeta. Tantos relatos ilustram o que o ensinamento esotérico vem difundindo, que a lei da morte e renascimento começa a ser transcendida. Por esses meios pode se vir ao mundo sem passar pelo longo processo do reencarne..."

(Imagem Google)

por Vera Helena Tanze

Este termo, Walk-In, é usado para designar a troca de uma individualidade em seus diversos níveis. É usado nos casos em que a Mônada já absorveu a alma e os demais núcleos de consciência inframonádicos. Esta é a transmutação monádica.
Também pode ocorrer naqueles seres em que a individualidade é composta de núcleos ainda não integrados entre si.

Este processo é conhecido desde os tempos antigos por parte dos ocultistas. No livro DAS LUKAS-EVANGELIUM, Rudolf Steiner (1861-1925) afirma: Ocorre, por exemplo, que chegando à certa etapa de sua evolução uma individualidade necessite de condições distintas das que lhe foram dadas inicialmente. Pode suceder então que um ser humano, ao atingir determinada idade, de repente desmaie e pareça ter morrido. Nesses casos, produz-se uma transformação: o Eu abandona os corpos e outro Eu toma seu lugar. Steiner complementa: semelhante permuta de Eu produz-se também em outros casos; é fenômeno conhecido de todo ocultista. O mestre tibetano Djal Kwul (D.K.), disse para Helena Blavastsky em 1920, que esse fenômeno é chamado de ‘Obsessão Divina’, o qual, segundo ele, seria cada vez mais comum nos anos vindouros.
Disse D.K., que na Obsessão Divina, o indivíduo coopera voluntariamente com Aquele ser que procura inspirar ou ocupar veículos inferiores a ele, com o objetivo de ajudar a humanidade. Quanto mais a raça humana desenvolver a continuidade de consciência entre o físico e o emocional e mais tarde o mental, mais esse processo será freqüente e compreendido.

Ruth Montgomery apresenta casos de walk-ins conhecidos, como Moisés e Lot, Enoch e Melquizedec do antigo Testamento; José do Novo Testamento; Cristóvão Colombo; Benjamim Franklin; George Washington; Thomas Jefferson; Abraham Lincon; Ghandi e outros que tiveram uma transformação total durante suas vidas, tendo tido suas individualidades substituídas por uma mais avançada, para contribuir profundamente no desenvolvimento da Terra.

O walk-in é sempre mais desenvolvido que o walk-out (o substituído) e seu trabalho evolutivo reflete no corpo que encarnar, inclusive ajudando na resolução de carmas.
Os walk-ins estão encarnados por todo o planeta.
Tantos relatos ilustram o que o ensinamento esotérico vem difundindo, que a lei da morte e renascimento começa a ser transcendida. Por esses meios pode se vir ao mundo sem passar pelo longo processo do reencarne.
Entretanto, é na transmutação monádica, que a lei de morte é transcendida por completo: a individualidade libera-se do que foram os átomos permanentes e desfaz os vínculos materiais. Nestes casos, a Mônada encarnante tem a possibilidade de transcender a lei do nascimento físico, se já não o houver feito antes.

Há casos em que a individualidade apenas faz empréstimos de seus corpos por um período que pode ser até o final da encarnação. Nesse caso a alma permanece dependente dos elos materiais, ligada aos átomos permanentes. Apenas pessoas muito atentas e despertas - ou videntes - podem identificar esse processo. Eu mesma tive essa experiência com um amigo com quem eu trabalhava em processos de cura (e que já se foi), alterando em muito o seu quadro familiar e do próprio trabalho.

Mesmo sendo uma entidade mais desenvolvida que ocupe o corpo, há de se assinalar que os transtornos emocionais que podem acompanhar o processo são, por vezes, inevitáveis e sem real compreensão dos envolvidos.
Para encerrar, vamos citar Goethe, que em sua sabedoria, disse: Um homem não chega a compreender coisa alguma, a menos que a ame.
Muita luz!
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=03969

2 comentários:

  1. Oi amiga,
    Obrigado pela visita. Fui no teu blog, fiquei encantada com tua criatividade.
    Bjos.
    Sô.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...