Pesquisar este blog

Translate

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Nossa linhagem estelar


(Imagem google)

Dentro de meu coração, num momento de profundo êxtase e reverência, contatei a nossa origem estelar. Transformei sensações em palavras e transcrevo-as conforme segue. Eu Sou completamente consciente e responsável pelo que aqui vai descrito, principalmente porque venho contatando vários tipos de seres estelares experenciando com eles a expansão de consciência. Para compreender esse texto é necessário ver e ouvir com o coração. Você é capaz disso? (*)

Vieram de um sistema distante chamado Zeta Reticulae, responsável pela formação da memória no planeta Terra. São também o centro de radiância que alguns chamam de Sol Central. Não são nocivos a ninguém - pelo contrário, são seres preocupados com a evolução deste sistema, pois nosso planeta é parte integrante do núcleo gerador da vida.

Ser núcleo gerador significa transformar-se num laboratório para experenciar o aprimoramento dos genes necessários à formação da vida. Nós, como espécie humana, somos remanescência muito antiga das linhagens estelares. Os seres dessas linhagens são nossos ancestrais. Em nossa memória celular está impressa toda a sabedoria deles, a "sabedoria das idades".

A Terra, como laboratório de experiências genéticas, recebe, desde o princípio, raças estelares que participam de nossa evolução. Essas experiências fazem da espécie humana a raça perfeita. O homem está para se tornar o ser mais importante do cosmos. Quando o salto quântico de consciência acontecer neste sistema, ele será o homem celeste, o protótipo original da imagem e semelhança de Deus, o arquétipo primordial da perfeição. Nós, humanos da Terra, iremos colonizar outros sistemas, planetas e estrelas distantes, no futuro, com a experiência adquirida.

É com essa finalidade que trabalhamos juntos (nós e os seres cósmicos) assiduamente desde os primórdios - afinal, somos todos consciências planetárias manifestadas em vários pontos do cosmos, com muitos corpos diferentes. Eles estão unidos a nós assim como nós estamos a eles. A separação é apenas uma ilusão típica dos campos da matéria do planeta.

Trazem esta mensagem porque a evolução terrestre passa pelo aprimoramento do corpo mental e emocional que, juntos, transformam-se num corpo de luz de tamanha intensidade lumínica que é impossível de descrevê-lo em palavras terrenas. Estão ativando nossas memórias de origem estelar, ajudando os chamados abduzidos que passam pelas experiências dos implantes de origem orgânica e esclarecendo os cientistas e pesquisadores deste campo de atuação.

As abduções são apenas experiências feitas num tempo muito distante entre seres da mesma raça. Não são mais realizadas atualmente, mas estão gravadas no inconsciente coletivo da humanidade. Os indivíduos que hoje acreditam passar por essa experiência, na verdade, estão apenas está recordando, por meio de seus registros internos, os fatos ocorridos em períodos anteriores (na era de Atlântida), quando eram intensas as experiências de aprimoramento genético do homem da Terra. São tão fortes essas imagens mentais que parecem realidade do agora. Foram os integrantes das raças estelares encarnados na Terra que receberam o implante por livre escolha. Por não haver espaço disponível para a encarnação de todos os indivíduos da raça, alguns se colocaram como representantes e permitiram o implante por meio do qual o restante da raça recebe, à distância, as impressões que o ser tem em sua experiência de vida.

Gênese - O acasalamento é algo inexplicável. Vibram ao sentirem as emoções e a interação das vibrações e sensações de dois seres que se amam. Sentem em seus corações o amor, as alegrias e tristezas e todos os sentimentos que envolvem o corpo emocional de um ser. Muitas espécies que aqui vieram já haviam perdido seu poder de procriação, e naquele tempo o planeta oferecia oportunidade de aprimorar as raças pelo acasalamento. Assim, penetrar nas freqüências do carma foi altamente gratificante para eles e também para a humanidade. Juntos aprendemos qual o verdadeiro significado do amor, essência primeira da Creação. Havia um compromisso estelar, e um grande grupo de seres ligados ao que chamamos Hierarquia Ash, desceu para ajudar nesse processo de evolução. Essas equipes de orientação vieram munidas de um amor incomensurável para efetivar a gêneses do planeta Terra. Esta gêneses está marcada na história da Terra por um símbolo muito conhecido, a Flor de Lis.

O DNA nada mais é do que união das doze principais raças-mães encarnadas na Terra. Ele reage aos impulsos da mente do Creador, é um registro de consciência manifestada fisicamente entre nós. Em breve a ciência alcançará a compreensão total de que, por meio dele é possível acessar o akasha (registro) planetário, que contém as respostas às questões do tempo/espaço terrestre e galáctico. A humanidade, hoje, vem completar essa experiência findando o carma individual e coletivo.

Todos os mundos são formados com base na troca de experiências entre vários seres de características diferentes. Durante um longo período, nossos irmãos cósmicos congregaram esstas informações e analisaram-nas da mesma forma que os cientistas da Terra fazem. Foram, assim, aprimorando tendências e conhecimentos, substituindo instrumentos e técnicas por matérias mais aprimoradas. Ainda há muitos locais do universo que não sabem o que é o amor, muito menos as sensações que a humanidade terrestre vivencia. Os seres estelares, neste tempo, estão apenas reunindo todos os registros vividos por vários personagens da história e retirando os implantes que já não tem mais função. Por isso é que tais implantes estão aparecendo em quantidade assustadora. Mas é findo o tempo das experiências, o DNA já está pronto, já completou sua trajetória.

No momento presente, trabalhamos todos juntos para implantar o novo código genético que trará ao planeta seres muito evoluídos, resultantes dessas experiências, com uma conformação física longuilínea, estrutura molecular mais aprimorada, órgãos e metabolismo adequados ao novo sistema. Sua pele será suavemente bronzeada, os olhos claros e as percepções sensoriais mais aguçadas para captar, das esferas distantes, as orientações necessárias à sobrevivência. Os chacras superiores e o hemisfério cerebral direito são altamente ativados, alcançando assim a formatação da mente abstrata ou manas superior. A tônica principal do homem celeste é o poder de manifestação do amor na unificação de toda a sabedoria do universo. A espécie humana é parte integrante disso.

Nós vivemos um tempo de finalizações e preparação para uma realidade avançada, muito além do que os cientistas e filósofos podem precisar. Foi graças a essas experiências permitidas pelos filhos das próprias raças que, hoje, possuímos este cabedal de conhecimentos. Não houve, em nenhum momento, intenção de ferir ou magoar os humanos. Como poderiam nos machucar se somos os corpos deles experenciando a forma física? Respeitam acima de tudo o grande Comando Central, o Creador deste sistema, conhecido por nós, em seu aspecto religioso-filosófico, como Michael, ocupando hoje a função cósmica de Ashtar Sheran. Respeitam o livre-arbítrio que não pode ser invadido, portanto tudo o que foi realizado e o que ainda se realiza é por livre escolha de cada ser. Se há dores e traumas, isso refere-se ao envolvimento do mesmo ser em questões cármicas. Naturalmente, esse ser está experenciando seu aprendizado e respondendo àquilo que ele mesmo plantou.

Medos surgem pelo desconhecimento do programa estelar e porque é tempo de liberar as impressões firmemente enraizadas no inconsciente coletivo, o arquétipo mais poderoso que possuímos. Tudo está programado, nada é feito sem prévio consentimento; portanto, está previsto que, neste tempo da Terra, todos os seres estelares que, encarnados na matéria, submeteram-se a essa experiência com o intuito de ajudar o planeta em sua evolução, teriam o afloramento de seus implantes junto às lembranças de seus contatos e, a partir de seu próprio desejo, seriam conduzidos a seres encarnados em condições de auxiliá-los na retirada dos implantes e reequilíbrio do carma.

A função dos Zetas, bem como de outros seres estelares, é esclarecer sobre a forma coerente de atuar no afastamento destes traumas, que devem ser tratados equilibradamente por técnicas que abranjam o alinhamento dos corpos inferiores. Os seres encarnados ligados as equipes Ash e Filhos de Órion são portadores desse conhecimento. A nossa função, como humanos despertos, é permitir a recordação destas experiências, facilitando o alinhamento individual e coletivo do planeta.

Por este motivo, os seres cósmicos surgem em vários locais, ativando suas contra-partes físicas ensinando-nos o desapego da dor e das matérias antigas e mortas que já não têm mais função. Muitos de nossos cientistas e médicos são esses seres encarnados na Terra para dar o suporte necessário aos abduzidos. São os pesquisadores dos campos da supra-consciência. Despreocupem-se, pois na maioria dos casos os implantes são dissolvidos puramente por expansão de consciência do próprio ser e compreensão das leis que regem a matéria. Somente poucos casos no contexto da humanidade apresentam traumas. Isso acontece quando o abduzido está apegado às energias antigas e não quer de desvencilhar-se delas. Apesar do medo, ele tem inconscientemente impressa a necessidade de servir à raça. Quando há necessidade de ajuda externa, estas pessoas são conduzidas a locais preparados para suporte na resolução de seus traumas. Há um programa impresso em seus registros que proporciona este encontro. Nada acontece por acaso, tudo segue conforme determinado pelo acerto cármico do ser.

Eles sabem de nossa dificuldade para compreender tais informações, mas lembram-nos de que nosso aprendizado é vencer por meio do amor e da compreensão. Nossas mentes estão em total expansão agora. Como espécie humana, somos sem sombra de dúvidas a menina dos olhos do Creador deste sistema, porque somos parte Dele em manifestação. Acima dos conceitos religiosos que adquirimos, há um trabalho sendo desenvolvido nos bastidores que envolvem milhões de seres habitantes de várias dimensões, com a finalidade de oferecer condições de evolução. Os nomes e rótulos que por ventura damos a eles não têm importância, são recebidos com muito carinho porque eles sabem que os homens ainda precisam disso.

Um dia, que já não se faz longe, todos os indivíduos da Terra falarão uma só linguagem. Seremos todos uma só nação, uma só raça interagindo em experiências de aprendizado, compartilhando tudo, reverenciando o planeta Terra como o coração do universo. O sagrado e o belo em perfeita sincronicidade de propósitos.

Nós somos eles.

(*) Marizilda Lopes
Data: 20/11/2006

Um comentário:

  1. que texto absurdo, existe sim ets malvados!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...