Pesquisar este blog

Translate

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

O engano das encarnações


"..A humanidade aceita a reencarnação
como uma verdade absoluta.
E não é. Como tudo neste planeta,
é uma programação..."


Recentemente ouvi a pergunta:

Mas o objetivo do ser humano não é encarnar e encarnar e encarnar para aprender?

Não!

Imagine que você está numa determinada série do ensino fundamental. Passa para o ano seguinte, e assim por diante. Mas chega num determinado ponto quando começa a repetir série por série. Ao invés de evoluir em direção ao mestrado, por uma (des)ordem você volta para séries fundamentais e começa tudo de novo. Mas por mais que faça, se depara com as mesmas matérias, os mesmos professores, os mesmos amigos e inimigos, a mesma sala de aula.

A cada ano (vida), você não se lembra das matérias estudadas, mas guarda sentimentos, sensações, memórias escondidas nas suas células, no seu DNA. E quando vê de novo uma matéria antiga, tem a sensação de já ter vivido aquela situação. E se pergunta: Por que eu estou passando por isso?

A humanidade aceita a reencarnação como uma verdade absoluta. E não é. Como tudo neste planeta, é uma programação. Como um programa de computador, ajustado para cumprir uma determinada tarefa. Imagine um programa antigo, desatualizado, cheio de vírus e “bugs”. Esse é o programa da reencarnação, que todos nós carregamos em nosso hardware.

Está na hora de deletar esse programa, primeiramente entendendo que o velho está obsoleto, desatualizado e causando o mal funcionamento de todo o nosso sistema. A programação da reencarnação n os dá uma ideia limitada, prendendo a humanidade à realidade física - à ideia que fazemos do nosso corpo-mente-matéria - e ao próprio planeta.

Somos seres multidimensionais, limitados momentaneamente à existência física terrena. Ao estudarmos um pouco sobre a física e sobre o mistério da criação, todos somos feitos do mesmo material das estrelas. Somos energia, vibração, frequência. Vale lembrar que a humanidade conhece menos de 5% de tudo o que existe no universo. O restante é feito de energia escura e matéria escura. Por onde flutuam nossas realidades paralelas, nossa consciência superior, nossas partículas de alma, todo o “desconhecido”. E ao ignorarmos esses outros níveis de consciência, achamos que existe apenas esse planeta, essa realidade material na terceira dimensão.

Então eu pergunto: Por que então se conformar com esse processo limitado da reencarnação?

Esse processo traz uma série de enganos. Ao reforçar contratos antigos, antigos medos, culpas, mágoas, o ser humano se afunda cada vez mais em negatividade, ao invés de buscar sair dessa matriz em direção à sua ascensão. Em direção à sua consciência superior - entendida como Eu Sou, Mônada e Supra Mônada, até que finalmente ele se funda com a Fonte que Tudo É, ou o próprio Criador, como muitos preferem chamar. Só que por uma série de questões, ficamos presos à Roda de Samsara, que é a roda encarnacional. E fomos profundamente enganados, achando que isso era bom.

O que a espiritualidade está nos avisando neste momento, é para deixarmos os velhos padrões definitivamente para trás, e buscar através da consciência individual, da busca interna pela sua conexão com o divino e iniciar o caminho de volta à Fonte.

O programa da reencarnação precisa ser apagado e instalado um novo programa: da ascensão da alma. Esse novo programa está conectado com o Big Data, com a Fonte que Tudo É. Ele é um programa maravilhosamente inteligente, porque não se conecta a essa matriz de controle, velha, gasta. Mas sua conexão se faz através de um conector que todo mundo já tem, mas usa de maneira errada. O plugue que existe dentro do coração feito de cristal de Luz, nossa Chama Trina, que precisa ser programado para essa nova função.

A gente já passou muito tempo repetindo de ano e essa história já está muito chata. A escola se deteriorou e está a ponto de desmoronar, os professores estão indo embora, a merenda acabou e os alunos estão se matando, porque não tem espaço pra todo mundo.

Que tal repensar essa história toda e tomar a consciência de que evoluir e ascensionar é algo bem diferente do que fomos ensinados a acreditar?

Por Eliana Rocca

http://www.terapeutasquanticos.com


©2010 - 2017 Solange Christtine Ventura


Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.


6 comentários:

  1. Você não sabe nada de encarnação!Estude primeiro as obras Espíritas, aprenda e depois fale. geraldo henrique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, Geraldo Henrique. Você não sabe nada a meu respeito e sobre muitas coisas também. Assim como não sei de muitas coisas também. Todas as religiões dizem que fazem a vontade de Deus, mas cada uma segue leis e crenças diferentes. Será que é possível todas elas estarem ensinando a verdade?

      Excluir
  2. Olá..as pessoas ficam logo na defensiva quando mexem com suas crenças, né?!...gostei do texto..concordo também que temos uma visão muito estreita dessas coisas por causa de nossos inumeros limites...a unica coisa que discordo ou melhor tenho uma visão diferente é a de que vamos voltar para algum lugar...acredito que tudo é uma coisa ou ser ou seja lá o nome que dermos..fonte,deus,o tudo que é...somos emanações disso...como os Abraham dizem,estamos aqui para expandir o Todo... E seus gatos, como estão?...estou com 2 gatas adotadas e um gato visitante..surgiu aqui em casa e ficou..por enquanto ... um abraço e um novo ano repleto de manifestações desejadas..

    ResponderExcluir
  3. Oi Joice. É, mexer com crenças é complicado e são as crenças que nos limitam ou tentam nos limitar.
    Os gatos vão bem. São ótimos amigos, sempre numa boa, na deles.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Conheci hoje o site ou blog não sei ainda, pois estava pesquisando sobre dualidade, devo dizer que adorei o texto, a pouco passei por um surto, devido ao uso de alucinógenos, e tudo o que foi escrito aqui me fez lembrar meu sentimento, tive uma sensação breve porém marcante de ter me juntado novamente a um lugar ou algo maravilhoso, vislumbrei e sinto até hj muitas informações, que julgo de vidas passadas ou de vidas paralelas, hoje através e estudo ou meditação, tento entender esses sentimentos, quando falou da parte do se sentir eternamente enganados por estar aqui, foi exatamente o que eu senti durante esse misto de sensações impressos no meu ser, reaprendi a amar a vida e decidi focar em busca da verdade, encontrei um conforto muito grande na religião do espiritismo, porém não aceito tudo como verdade absoluta, pois depois desse dia tenho certeza que todos nós temos dentro de si uma verdade individual de sua jornada é uma revelação única, como já dizia a famosa frase do hermetismo "os lábios do conhecimento estarão fechados, exceto aos ouvidos do conhecimento", resumindo, todas as religiões no meu ponto de vista tem sim um fundo de verdade e tem sim um fundo de utopia, cabe a cada um saber lidar com a informação da melhor maneira, e se posso dar um conselho, nunca tome nada como verdade absoluta.
    Paz e luz, gratidão, mamaste
    Thiago Frederico Barbosa, Foz do Iguaçu!

    ResponderExcluir
  5. Conheci hoje seu blog, pois estava pesquisando sobre dualidade, devo dizer que adorei o texto, a pouco passei por um surto, devido ao uso de alucinógenos, e tudo o que foi escrito aqui me fez lembrar de meus sentimentos, tive uma sensação breve porém marcante de ter me juntado novamente a um lugar ou algo maravilhoso, vislumbrei e sinto até hj muitas informações, que julgo de vidas passadas ou de vidas paralelas, hoje através e estudo ou meditação tento entender esses sentimentos, quando li sobre a parte do se sentir eternamente enganados por estar aqui (nesta encarnação), foi exatamente o que eu senti durante o meu surto, esse misto de sensações impressos no meu ser (perispírito), não importa como o chame. Tive que superar essa frustração e reaprender a amar a vida, nisso decidi focar em busca da verdade, encontrei um conforto muito grande na religião do espiritismo, já havia lido e estudado também o hermetismo e exoterismo, percebi fortes ligações entres todas as outras religiões que já estudei, porém não aceito nenhuma delas como verdade absoluta, pois depois desse dia tenho certeza que todos nós temos dentro de si uma verdade individual de sua jornada e uma revelação única, como já dizia a famosa frase do hermetismo "os lábios do conhecimento estarão fechados, exceto aos ouvidos do conhecimento", resumindo, todas as religiões no meu ponto de vista tem sim um fundo de verdade e tem sim um fundo de utopia, cabe a cada um saber lidar com a informação da melhor maneira, e se posso dar um conselho, nunca tome nada como verdade absoluta.
    Paz, luz, gratidão, namaste! 👽🖖🏻

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...