Pesquisar este blog

Translate

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Em algum lugar...


"Em algum lugar, na parte mais interna de seu ser,
há luz, bondade, poder e serenidade."

Paul Brunton

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ARCANJO MIGUEL - Quem é Arcanjo Miguel

"...Os anjos nada mais eram do que
extraterrestres de mundos mais evoluídos..."

Imagem Google

Apocalipse ou Revelação 12:7 - "Houve então uma batalha no céu: Miguel e seus Anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou, juntamente com seus Anjos, mas foi derrotado, e não se encontrou mais um lugar para eles no céu."

São Miguel lutando por Jean Fouquet

Continue lendo AQUI - Palestra proferida por Adomon Ferreira, publicado no Hora Cósmica em 29 de setembro de 2010, com mais de 1.700 visualizações.

São Miguel Arcanjo por Rafael Sanzio

Discernimento



Pôr do Sol em 28-09-2011 - Foto: Hora Cósmica


"Uma das primeiras qualidades a serem conquistadas por todos aqueles que querem encontrar e caminhar na espiritualidade para se fundirem com a Luz e serem a Luz, para servirem à evolução universal e ajudarem seus semelhantes a buscar o verdadeiro caminho interno - se chama discernimento!"

Henrique Rosa
(Trecho do livro "Do Caos para a Luz", vol 2)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

ASTERÓIDE, METEORO E COMETA. QUAL A DIFERENÇA?


Se você é uma daquelas pessoas que “entende quando escuta, mas se tiver que explicar não sabe”, nós podemos ajudar – pelo menos, no que diz respeito ao que está no céu. Essas palavras comuns no título do artigo significam claramente coisas diferentes. Mas quem sabe dizer o que é que realmente é diferente entre elas?

Pois bem, um asteróide é um corpo de rocha que orbita o sol. Ele tem diâmetro menor do que 1.000 quilômetros, e é normalmente composto de carbono e metais. A maioria dos asteróides do nosso sistema solar estão no cinturão de asteróides entre Marte e Júpiter.

Apesar de existirem milhões de asteróides no cinturão, muitos deles com diâmetro superior a 100 km, a massa de todos eles juntos ainda seria inferior a 5% da nossa lua.

Já os cometas, como o Harley, são bolas de poeira e gelo. Eles se formam no Cinturão de Kuiper ou na Nuvem de Oort. Os cometas também orbitam o Sol, mas suas órbitas são muito maiores do que as dos asteróides, que são geralmente mais elípticas. Conforme os cometas se aproximam do sol, a energia solar começa a evaporar seu gelo, e isso é o que cria a sua famosa cauda.

O espaço, entretanto, ainda comporta outras coisas. Existem também diferenças substanciais entre os meteoróides, os meteoros e os meteoritos. Um meteoróide é um objeto sólido que se desloca no espaço interplanetário, de tamanho consideravelmente menor do que um asteróide e significativamente maior do que um átomo.

Já um meteoro, na maioria dos casos, são restos de uma colisão de asteróides, ou simplesmente um meteoróide que entrou na atmosfera da Terra. Quando isso acontece, eles queimam-se tipicamente e criam estrias no céu. Esse processo foi o que deu ao meteoro seu apelido de “estrela cadente”. Por fim, um meteorito é um meteoro que sobreviveu a essa queima na atmosfera e aterrissou no planeta.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Nosso consentimento

Pôr do sol (26-9-2011) - Foto: Hora Cósmica


Dentro de nós está o poder
de nosso consentimento

para a saúde e a doença,
a riqueza e a pobreza,
a liberdade e a escravidão.

Somos nós que controlamos isso,
e não os outros.

Richard Bach 

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Você é um Gateiro (a) ?

Rubi

Gabriel e Samuel esperando...

1. Você seleciona seus amigos com base no quanto seus gatos gostam deles?
2. Seu desejo de ter gatos intensifica durante períodos de stress?
3. Você compra mais do que 20 kg de sanitário para gatos por mês?
4. Você acha engraçadinho quando seu gato passeia sobre a mesa ou lambe a manteiga?
5. Você admite, para aqueles que não gostam de gatos, quantos gatos você realmente tem?
6. Você dorme na mesma posição a noite toda, porque seu gato se sente incomodado quando você se mexe?
7. Você beija seu gato na boca?
8. Seu gato senta à mesa (ou na mesa) enquanto você come?
9. Seu gato dorme na sua cabeça e você gosta?
10. Você tem mais do que 4 sacos de ração abertos mas rejeitados dentro do armário?
11. Você não muda o canal da TV porque seu gato está dormindo em cima do controle remoto?
12. Você comprou um vídeo, com um peixe nadando num aquário, só para entreter seu gato?
13. Você fica em pé, com a porta da rua aberta, congelando de frio, enquanto seu gato cheira a porta, decidindo se sai ou entra?
14. Você prefere ficar em casa com seu gato do que sair para um encontro ruim?
15. Você dá presentes de Natal para o seu gato? Você gasta mais com os presentes para ele do que para a sua família?
16. Seus cartões de Natal trazem seu gato sentado no colo de Papai Noel? Seu gato assina o cartão?
17. Você espera seu gato levantar para arrumar a sua cama?
18. Você sai da sua cama, pulando pela cabeceira ou pelo pé, para não incomodar seu gato que está dormindo?
19. Antes de sair de casa, você conversa com cada gato explicando porque tem que sair e a que horas irá voltar?
20. Você dorme sem travesseiro, porque seu gato está dormindo nele?
21. Você nunca deixa faltar granulado sanitário para seu gato, mas esquece de comprar o seu papel higiênico?
22. No supermercado, a primeira coisa que você procura, é a área de alimentação para gatos?
23. Você dorme sentado, porque estava lendo na cama e seu gato deitou sobre suas pernas?
24. Você demora mais tempo do que o normal para ler jornais e revistas, porque seu gato se deita sobre as páginas enquanto você lê?
25. Você faz uma ceia especial para gatos no Natal?
26. Você tem fotos do seu gato na carteira e as mostra quando seus amigos começam a mostrar fotos de filhos?
27. Quando as pessoas telefonam para falar conversar, você insiste para que elas dêem uma palavrinha com o seu gato?
28. Você só marca encontro com pessoas que tenham gatos?
29. Quando alguém vai a sua casa você apresenta seu gato pelo nome e vice versa?
30. Você guarda caixas vazias de papelão, porque seu gato gosta de dormir dentro delas?
31. O filtro do seu aspirador de pó está sempre cheio de pêlos?
32. O dono do Pet Shop já perguntou: "Afinal...Quantos gatos você TÊM !?"
33. A sua conta de Veterinário é maior do que a sua conta médica?
34. Todos os livros na sua estante são sobre gatos?
35. Todos os seus Bookmarks são sobre sites de gatos?
36. Seu gato tem sua própria página web ou e-mail?
37. Você coloca seu relógio para despertar às 5:30 h da manhã, para se levantar e limpar a caixa sanitária de seu gato, antes que ele a use?


(Autor desconhecido)

Fonte: Beco dos Gatos
Fotos: Hora Cósmica

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O Alvo de Sua Vida


Entrem no centro de seu coração, na elevada vibração de seu  Eu Divino. Realizem-se com Ele, aproximando-se passo a passo do grande alvo de sua vida. Ele é hoje, como foi em todas as épocas, e continuará sendo: Ascensão à Liberdade eterna!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Reino dos Ceus


"Quando se descobre o reino dos ceus,
ignora-se os reinos da terra."

Huberto Rohden

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Seu dever é SER


Seu dever é SER, e não ser isso ou ser aquilo. “Eu sou o que eu sou” resume toda a verdade. O método é “fique em silêncio”. O que significa o silêncio? Significa destrua-se, pois qualquer forma é causa de problemas.

Não há mistério maior que este: que sendo a Realidade nós buscamos alcançar a Realidade. Nós pensamos que existe algo ocultando a Verdade e que isso deve ser destruído a fim de que possamos atingir a Verdade. É ridículo. Chegará o dia em que você vai rir de todos os seus esforços pretéritos. Aquilo que será no dia em que você rir também é aqui e agora.

A liberação, que é bem-aventurança, é natural a todos

A ignorância é uma ilusão da mente, uma falsa sensação.

Apenas o ego é prisão, e a sua própria natureza, livre do contágio do ego, é liberação.

Não há engano maior do que acreditar que a liberação,

Que está sempre presente como a sua verdadeira natureza, será alcançada em um tempo futuro.

Até mesmo o desejo pela liberação é fruto da ilusão.

Portanto, permaneça em silêncio.

Se você permanecer como mera consciência, “eu sou”, a ignorância não existirá. Portanto, a ignorância é falsa; apenas a Consciência é real.

Para a aquietação da mente não há nenhum outro meio mais eficaz do que a autoinquirição. Através dos outros métodos a mente apenas parecerá ter se aquietado, mas não será extinta; ela surgirá novamente.

Este é o método direto. Todos os outros métodos só podem ser praticados retendo-se o ego, e neles surgem muitas dúvidas, enquanto que a pergunta última é apenas atacada no final. Mas neste método, a pergunta última é a única pergunta e ela é levantada desde o começo.

A autoinquirição o leva diretamente à Auto-Realização, pois remove os obstáculos que fazem você acreditar que o Eu Real ainda não foi alcançado.

A diferença entre a meditação e a autoinquirição é que a meditação requer um objeto sobre o qual se foca a atenção, enquanto que na autoinquirição há apenas o sujeito e nenhum objeto.

Pedir que a mente destrua a mente é como fazer do ladrão o policial: ele irá com você e vai parecer que ele prendeu o ladrão, mas nada será feito. Então o que você precisa fazer é olhar para dentro e ver de onde a mente surge. Uma vez que você vir a Fonte da mente, ela desaparecerá.

O primeiro pensamento a surgir na mente é o pensamento-eu. Todos os outros inumeráveis pensamentos surgem apenas depois do pensamento-eu e têm nele sua origem. Em outras palavras, apenas depois do pronome de primeira pessoa, “eu”, surgir, é que os pronomes de segunda e terceira pessoa, “tu” e “ele”, ocorrem para a mente; estes não subsistem sem aquele.

Como todos os outros pensamentos só podem surgir depois do aparecimento do pensamento-eu, e como a mente nada mais é do que um conglomerado de pensamentos, é apenas [voltando a atenção ao pensamento-eu] através da inquirição “Quem sou eu?” que a mente será extinta. Além disso, o pensamento-eu – implícito na investigação “Quem sou eu?” – destruirá todos os outros pensamentos e, como a vareta usada para avivar a fogueira, no final ele mesmo será consumido.

Você não precisa eliminar nenhum falso “eu”. Como pode o “eu” eliminar a si mesmo? Tudo o que você precisa fazer é encontrar a Fonte do “eu”, e permanecer lá. O seu esforço só pode levá-lo até este ponto. A partir daí o Transcendental vai tomar conta de si mesmo. Você não pode fazer mais nada então. Nenhum esforço pode chegar até Ele.

O pensamento-“eu” é como um fantasma que, apesar de ser impalpável, surge simultaneamente com o corpo, vive e desaparece junto com ele. A consciência “eu sou o corpo/este é meu corpo” é o falso eu. Abandone-a. Você pode fazer isso buscando a fonte do sentimento “eu”. O corpo não diz “eu sou”. É você que diz “eu sou o corpo”. Descubra o que é este “eu”; busque sua fonte e ele desaparecerá.

Sri Ramana Maharshi

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Os 10 monumentos religiosos antigos mais intrigantes

Mesmo quem não é religioso há de concordar que a crença em uma força superior, um Deus ou deuses, tem desempenhado um papel central na história da humanidade desde seu início até agora. Por isso, não é de se surpreender que algumas das estruturas mais monumentais de todos os tempos tenham tido funções religiosas.

Hoje em dia, tudo o que resta de muitas dessas construções são apenas ruínas. Outras edificações – como por exemplo o imponente Pantheon em Roma, Itália – foram construídas para deuses em quem a sociedade atual não mais acredita. Em todo o caso, confira a lista dos 10 maiores monumentos religiosos que ainda podem ser visitados:

1 – O Complexo do Tempo de Karnak (Egito)


Ok, todos nós sabemos que o apogeu do Egito Antigo ocorreu um bom tempo atrás, mas o início da construção desse complexo impressiona: século 14 a.C. – ou seja, há mais de 3 mil anos. O faraó Ramsés II foi quem ordenou a edificação dos templos de Karnak, que agora reúnem milhões de turistas na região da cidade de Luxor, ao lado do Rio Nilo. Considerado um dos maiores monumentos religiosos do mundo atual, o Templo de Karnak é composto por vários santuários esculpidos em rochas. O grande templo de Amon-Rá é a maior atração do complexo.

E se, a julgar pela fotografia, você achou o local um tanto familiar mesmo sem ter nunca chegado perto do Egito, há uma explicação. O Complexo do Templio de Karnak é um dos lugares mais procurados por diretores de cinema de Hollywood para rodar filmes sobre o assunto. O último da vez foi “Transformers: A Vingança dos Derrotados”.

2 – Pedras de Callanish (Reino Unido)


As pedras de Callanish, localizadas na ilha de Lewis, a 468 quilômetros ao norte de Glasgow, Escócia, datam de cerca de 2.900 anos a.C. – ou seja, são ainda mais antigas que nosso número 1 na lista. O local foi construído aproximadamente na mesma época que outro lugar semelhante (e com certeza mais conhecido): Stonehenge. A grande diferença entre os dois está exatamente na fama. Enquanto Stonehenge é mundialmente famoso – e sempre lotado de turistas -, as pedras de Callanish ainda preservam a tranquilidade e a atmosfera do campo desabitado, como era no princípio.

Reza a lenda que as pedras são na verdade gigantes de origem celta que habitavam a região. Quando São Kieran chegou lá e os nativos se recusaram a ser convertidos ao cristianismo, o santo os transformou todos em pedra.

3 – Zigurate de Ur (Iraque)


Primeiro de tudo, “zigurate” é uma torre gigantesca, semelhante à de Babel, descrita pela Bíblia. Acredita-se que a de Ur, localizada no atual país Iraque, seja parecida com as descritas na mais antiga história escrita que possuímos hoje em dia: a Epopeia de Gilgamesh. Lá, o rei de Uruk, chamado justamente Gilgamesh, se orgulha dos templos poderosos por ele construídos. A epopeia data pelo menos do segundo milênio antes de Cristo.

O Zigurate de Ur, o primeiro construído na Idade do Bronze e reconstruído várias vezes desde então, é uma grande pirâmide achatada edificada para homenagear o deus Nanna. A estrutura visível hoje foi fortemente reparada por Saddam Hussein, embora possam ser notados pequenos danos sofridos ainda na primeira guerra do Golfo. Mesmo que o local ainda atraia poucos turistas, o zigurate certamente é uma das maiores maravilhas do mundo antigo ainda visível.

4 – As Pirâmides de Teotihuacan (México)


Muito mistério envolve a cidade de Teotihuacan (que já foi uma das grandes maiores do mundo na sua época, cerca de 450 a.C.) e as pirâmides que lá se localizam. Não há um consenso sequer quanto ao povo que construiu e ocupou a região. O que se sabe é que a cidade e principalmente a região das pirâmides era muito importante e movimentada.

Duas grandes pirâmides, a do Sol e a da Lua, dominavam a cidade. Imagina-se que do alto dessas edificações eram organizados sacrifícios tanto humanos quanto animais. A grande “Avenida dos Mortos”, ainda hoje visível a quem deseja visitar o lugar, ligava as duas pirâmides, e depois seguia em direção ao templo de Quetzalcoatl. Indícios encontrados por estudiosos sugerem que a rua era utilizada em grandes festas religiosas, muitas delas relacionadas à morte – daí o nome pela qual ficou conhecida.

5 – Delfos (Grécia)


A cidade de Delfos teve um papel simbólico muito importante no mundo ocidental. Apesar de atualmente parecer menos monumental que os outros números da lista, o local outrora foi o centro do culto a Apolo (deus da luz, da música, entre outros) e respeitado por todas as cidades-estados gregas como um lugar sagrado. O complexo do templo, que incluía santuários e até estádios, agora se encontra em ruínas nas encostas do Monte Parnaso, mas continua sendo um ponto de encontro importante.

No passado, nenhuma questão importante do Estado poderia ser resolvida sem antes ser consultada a opinião do conselho do Oráculos de Delfos. Na hora de tomar grandes decisões, uma sacerdotisa conhecida como pítia, ou pitonisa, sentava-se acima de uma fenda na rocha sob o templo e inalava o que acreditavam ser “vapores divinos” (que na realidade eram apenas gases vulcânicos). A pítia então entrava como que em estado de transe provocado pelos gases e dizia palavras aleatórias e sem sentido – o “discurso do Apolo”. Os sacerdotes em seguida deviam interpretar os dizeres incompreensíveis aos demais.

Hoje em dia, infelizmente não são emitidos mais gases sob o templo.

6 – Borobudur (Indonésia)


Esse monumento está em perigo. A estrutura budista datada do oitavo século (agora sim, depois de Cristo), que estava perdida na selva até meados do século 19, está numa área de risco de vulcões. A erupção mais recente, em 2010, cobriu o local com uma fina camada de cinzas, mas ninguém pode prever a intensidade do próximo acontecimento.

Enquanto continua firme e forte, Borobudur é composta de 56 mil metros cúbicos de pedra, arranjadas em seis plataformas quadradas. Existem 500 estátuas de Buda para oração. Os seis níveis formados por essas plataformas criam um caminho que deve ser seguido para se chegar ao topo. Mas a tarefa não é nada fácil: é preciso percorrer uma distância de mais de três quilômetros. No entanto, o caminho ainda oferece uma distração. Imagens sobre a lei do Karma e sobre a história da vida de Buda acompanham os aventureiros.

7 – As Cavernas de Ajanta (Índia)


Outra maravilha que ficou esquecida durante séculos. Contruída entre 200 a.C. e 600 d.C., as caverna foram redescobertas apenas em 1819 por um oficial britânico, John Smith, enquanto caçava tigres. Você ainda pode ver seu nome e a data da descoberta escritos a lápis nas paredes do local.

Foram escavadas 29 cavernas, algumas delas ricamente decoradas com belas esculturas e pinturas, consideradas obras-primas da Índia Antiga. Como parecia ser comum na época, a maior parte destes frescos contam a história da vida de Buda, enquanto outros oferecem uma visão clara sobre a vida dos povos antigos que habitavam a região na época em que as cavernas foram esculpidas.

8 – O Pantheon (Roma, Itália)


Localizado bem no centro da cidade, o Pantheon (que significa “todos os deuses”) é um dos mais bem preservados edifícios romanos. Originalmente construído com o intuito de prestar homenagens aos diversos deuses da Era Romana, o Pantheon foi convertido à Igreja Cristã no século 7. A estrutura atual é praticamente a mesma projetada pelo imperador Adriano no remoto ano de 126 a.C.

A fachada do edifício é um pórtico romano clássico, apoiado por colunas. A diferença do Pantheon é o seu interior. Além do seu formato arredondado, ele possui um buraco circular – o óculo – no meio de sua maior cúpula. A inovação foi planejada e posta em prática pelos próprios romanos antigos. O óculo foi pensado para ser a única fonte de luz, numa alegoria elegante a Deus. Em nenhum momento a luz toca o chão no interior da construção. A mensagem é que tudo o que nós podemos conhecer de Deus se dá por meios indiretos.

9 – O Hipogeu (Malta)


O Hipogeu, um monumento funerário subterrâneo característico do período pré-cristão, começou a ser construído no remotíssimo ano de 3500 a.C., aproximadamente. Trata-se do único exemplo de um templo pré-histórico a ser construído no subsolo. O espaço tem sido utilizado de diversas formas pelos diferentes povos que o ocuparam durante a sua história.

Atualmente, o Hipogeu é uma mistura de cavernas naturais e escavações. As paredes são suavemente esculpidas e têm reflexos de estruturas encontradas em outros lugares acima do solo em Malta. Uma curiosa câmara dentro do complexo possui um nicho arredondado esculpido na parede, permitindo que qualquer coisa falada dentro dela ecoe por todo o Hipogeu. Se você ficou com vontade de conhecer o local, precisa de paciência e uma pitada de sorte. Devido à preservação das pinturas no teto e da estrutura muito antiga em si, apenas 80 pessoas são admitidas por dia.

10 – Göbekli Tepe (Turquia)


Se você achou o nosso número 9 antigo, o Göbekli Tepe (cuja tradução do turco para o português seria algo estranho como “montanha com umbigo”) é pré-histórico. Trata-se da mais antiga estrutura artificial já descoberta. O sítio arqueológico é composto por vinte estruturas circulares espalhadas por uma colina. O que resta hoje são pilares de pedra calcária decorados com desenhos abstratos de animais. Até agora, já foram encontradas representações de cobras, escorpiões, pássaros, javalis, raposas e leões.

Devido à remota idade do local – décimo milênio antes de Cristo! -, não foi ainda possível precisar se os monumentos em questão têm alguma natureza religiosa, apesar das evidências indicarem que sim. Caso se confirme que este foi um templo, então não há dúvidas de que Göbekli Tepe foi um dos primeiros locais dedicados à religião já feito pelos humanos. [Listverse]

Fonte: clique aqui

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

O que significa estar em Mirna Jad?

No livro “Mirna Jad, Santuário Interior”,
Trigueirinho transcreve esta mensagem:
A verdade não pode exprimir-se em meias medidas.
Haveis de estar totalmente dispostos à transformação,
pois de outra maneira não é possível
que as diversas dimensões se interpenetrem”.

O que significa estar em Mirna Jad?

Trigueirinho responde:

Estar em Mirna Jad pode não significar encontrar-se lá consciente ou fisicamente. Para nós, pode representar o portal para a existência supra-humana, e estarmos passando pelas primeiras experiências na vibração da vida em nível divino. Nesse caso, nós, como consciências monádicas, estaremos vivendo em Mirna Jad.

Essa experiência de estar em Mirna Jad é para os que já se acercam da consciência da mônada e que, portanto, não oferecem resistência para transcenderem o grau evolutivo que já alcançaram. É para os que não temem ir além da consciência comum da humanidade.

Estar em Mirna Jad significa ter passado por uma profunda cura interior, ter os próprios corpos sutis já harmonizados e preparados para traslados a outras dimensões, mais sutis que esta terceira na qual vivem os homens da superfície. Como civilização intraterrena, Mirna Jad está sob vibrações solares e cósmicas, que a vida de superfície não poderia suportar.

Mirna Jad, ao trazer equilíbrio a indivíduos e grupos, leva-os a experienciarem Amor de uma qualidade desconhecida para a humanidade em geral. Para estar em Mirna Jad é preciso ter renunciado às expectativas e às tendências humanas e dispor-se a viver também em corpo de luz, o veículo que pode estar ativo em nosso nível espiritual – quando esse nível já se tornou campo de serviço para o trabalho da mônada.

Estar em Mirna Jad significa estar vivendo uma linha superior de evolução, portanto, estar em contato com outros Centros Planetários cujas energias Mirna Jad sintetiza. Os seres humanos que já exprimem padrões de conduta elevados irão naturalmente participando dessas experiências, até que possam se sentir estáveis nessa civilização suprafísica que faz a ponte entre o planeta Terra e a consciência universal.

Trigueirinho é filósofo espiritualista, autor de 77 livros e de mais de 1.600 palestras gravadas ao vivo. É coordenador do Conselho de Figueira e membro do Conselho de Guiança Permanente da Ordem Graça Misericórdia.



Centros Intraterrenos captadores, transformadores e irradiadores da energia cósmica em âmbito planetário. Têm elevado grau de desenvolvimento e tarefas específicas na consecução do propósito evolutivo, da Terra. A eles estão vinculadas civilizações que habitam planos suprafisicos. Embora se encontrem no atual ciclo em nível intraterreno, podem ter prolongamentos na superfície do planeta. Os principais centros intraterrenos ativos hoje são: Anu Tea, Aurora, Erks, Iberah, Lis-Fátima, Mirna Jad e Miz Tli Tlan cujas contrapartes energéticas se projetam sobretudo no Oceano Pacífico, no Uruguai, na Argentina, na Península Ibérica, no Brasil e no Peru.


MIRNA JAD — Importante centro intraterreno, revela-se como avançada civilização nos níveis suprafísicos de determinadas re­giões da América do Sul. Recebe e sintetiza energias dos três Espelhos Maiores (Miz Tli Tlan, Erks e Aurora) e é prolongamento direto de Miz Tli TIan. Atua principalmente no nível monádico; entretanto, projeta-se também nos níveis materiais. Estimula a evolução da humanidade de superfície deste planeta e, nesta época, intermedeia as emissões de outros centros intraterre­os para a humanidade da superfície. Portal da existência supra-humana, Mina Jad aproxima homem á vida divina. O vórtice energético que influenciou várias civiliza­ções evoluidas do passado e deu origem aos essênios encontra-se hoje em Mirna Jad. Esse centro sintetiza os passos consumados pelos que se acercam da consciência monádi­a e ao mesmo tempo impulsiona os demais seres humanos a irem além do nível que alcançaram.
A cura interior é outra tarefa de Mirna Jad. Membros da humani­dade da superfície da Terra são para lá levados em corpos sutis, a fim de se harmonizarem, terem suas energias transmutadas ou serem preparados para traslados a dimensões sutis. Pela transmissão de emanações solares e cósmicas, Mirna Jad traz equilíbrio não só a indivíduos e grupos que habitam a superfície da Terra, mas à própria exis­tência terrestre. A civilização de Mirna Jad, por sua intrínseca sintonia com o núcleo do Sol, de modo especial irradia para a Terra o amor. Para cruzar os portais de Mirna Jad é preciso renunciar a expectativas e tendências humanas e dispor­-se à vida do corpo de luz.  O caminho para Mirna Jad é o do espírito e, no contato com sua vibração, chega-se ao limiar do conhecimento divino. Sua sabedoria prepara o ser humano para uma linha superior de evolução, enquanto o cura e amplia-lhe a consciência. Nesta época, Mirna Jad estimula a formação de grupos que exprimam leis e padrões de condu­ta superiores.
Referência para leitura: MIRNA JADSantuário Interior, SEGREDOS DESVELADOS (Iberah e Anu Tea) e A CURA DA HUMANIDADE, do mesmo Autor, Editora Pensamento.
Glossário Esotérico - Trigueirinho- Editora Pensamento.
Portal da vida monádica, Mirna Jad sintetiza os passos dados pelos homens que se acercam da consciência monádica, ao mesmo tempo que impulsiona os demais a irem além do estágio que alcançaram.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Elucidação de Dez Dimensões Existentes


Esse artigo de Maori Mojave do blog Andromedalive foi publicado no dia 1 de abril de 2010, já foi postado em muitos blogs e lido por muitas pessoas, mas vale a pena ler novamente. Tem informações preciosas e como disse Maori Mojave ..."neste artigo o conjunto de informações que recebi era tão grande vindo de um grupo de consciências coletivas, que resumi e até simplifiquei bastante o conteúdo, senão o texto seria incrivelmente extenso e cansativo. Por isso decidimos colocar certas informações profundas em contraste com informações mais simplistas. Na verdade é muito dificil citarmos dimensões que estão além da terceira dimensão, é complicado explicar em palavras como o processo funciona, por isso é que fica meio esotérico... Saudações".


"...uma consciência de sexta dimensão não é mais evoluída que uma de quarta ou terceira dimensão; as mais evoluídas são aquelas que conseguem estar lúcidas em um maior número de dimensões simultaneamente..."



"CRIATURAS DA SUPERFÍCIE DA TERRA: DESPERTEM DE UMA VEZ..."



Por Maori Mojave

Sabemos da existência de pelo menos trezentos e cinquenta e duas dimensões em vários multiuniversos. No entanto, aqui vamos nos ater apenas a explanar 10 dimensões básicas.


PRIMEIRA DIMENSÃO - É o núcleo interno do planeta Terra, onde existe um sol central. A Terra é praticamente oca e possui grandes aberturas nos pólos norte e sul. Este sol interno singular é formado pela condensação dos elétrons que chegam constantemente do Sol e que entram através das cavidades polares; vibra à quarenta Hertz, como as ondas beta do estado da vigília física ordinária do nosso cérebro físico. É a dimensão que põe em movimento todas as outras dimensões. Está intimamente ligada ao centro da nossa galáxia Via Láctea, através de um canal subespacial; este sol interno é que mantém e sustém gravitacionalmente todo o planeta Terra.


SEGUNDA DIMENSÃO - Dimensão telúrica, área que vai de 500 km a 1.290 Km abaixo da crosta terrestre e onde se origina a vida orgânica. Lá também estão alojados originalmente os seres chamados elementais.
Esta dimensão gera os campos de energias ley sobre a superfície da Terra.
Várias instituições formalizadas na nosso plano tridimensional querem impedir a conexão com a segunda dimensão, pois traria auto-suficiência a qualquer criatura do planeta sem necessidade de intermediação. Atentar para os temas das linhas A e B apresentados mais adiante neste artigo.


TERCEIRA DIMENSÃO - É onde estamos na vigília física ordinária.
A terceira dimensão é quase que totalmente manipulada pela quarta dimensão. Se não adquirirmos lucidez nestas dimensões, a tendência é entrarmos em estado de parapsicose post-mortem, ou seja um estágio extrafísico sem lucidez, subumano.
Como um ser neste nível jamais fica lúcido no plano extrafísico, também jamais poderia aceitar a ideia de vidas sucessivas, pois afinal nunca ficou lúcido naquele nível e quando acorda, já está em outro corpo físico, novamente na terceira dimensão.


QUARTA DIMENSÃO - Os sentimentos, emoções e várias egrégoras são da quarta dimensão e não são palpáveis como na terceira dimensão, mas são bem reais.
Os seres regressivos extra-terrestres nibiruanos, reptilianos, grays e draconianos controlam junto com o governo secreto deste planeta a quarta e a terceira dimensão, manipulam e criam mentiras, passando-as por verdades até aos encarnados que adquiriram algum nível de lucidez através de experiências de desdobramento ou mesmo depois da morte física e que passam pela experiência da segunda-morte - morte do holochacra , e que a partir daí, nas próximas encarnações, entram em várias áreas religiosas, esotéricas ou até mesmo científico-espirituais; ou seja, são seres que ficaram no nível intermediário, pois não beberam diretamente da fonte, não passando pela morte dos outros corpos astral, mental, intuitivo, espiritual, monádico e logóico.
É claro que existem aqueles que nunca tiveram lucidez nem na terceira dimensão, nem na quarta dimensão, por isso ficam num estado letárgico e dormente no período entre vidas.
A quarta dimensão é como se fosse o pólo negativo da terceira dimensão, a anti-matéria.
Os comportamentos que temos na terceira dimensão, com seus valores e regras, não se aplicam na quarta dimensão; se há antipatias ou evitações entre criaturas na terceira dimensão, na verdade isto indica que ambos estão unidos na quarta dimensão.
Aqueles valores e normas que existem na terceira dimensão, são um meio de desrepressão deste mesmo conteúdo na quarta dimensão, lá você se solta, se liberta, dos seus próprios tabus e valores, e sem qualquer sentimento de culpa; muitos, por exemplo, possuem uniões afetivas com certos companheiros no plano físico, mas têm uniões com outras consciências no plano extrafísico, e em nenhuma das dimensões, um lembra do que ocorre na outra dimensão, o que é muito bom.
Imagine se lembrasse de tudo o que faz nas outras dimensões: seria o caos.
Várias áreas de conhecimento mais ortodoxas acessam no máximo a quarta dimensão e por isso são também enganados pelo governo secreto , seres extra-terrestres regressivos e até por consciências das quinta e sexta dimensões.
É interessante desenvolver o desdobramento lúcido, que é o contrário da mediunidade e da vidência, pois estes dois estados normalmente impedem a clareza do que realmente se passa - obsessor pode se passar por amparador e por aí vai (é claro que existem várias exceções). A religião ortodoxa só chega no máximo na dimensão três e meia - com seus dogmas e intolerância. São totalmente controladas pelo governo secreto.


DIMENSÃO QUATRO E MEIA - Há seres da sexta dimensão ou acima, que possuem dificuldade de se manifestar na quarta dimensão, no plano astral, pois possuem um corpo tão sutil, de luz, que não são percebidos pela maioria dos seres da quarta dimensão e funcionam apenas de forma inspiradora, utilizando os seres da quarta dimensão como médiuns psicofônicos.
No entanto, quando passam por um processo de contato físico ou de aproximação com outro ser também da sexta dimensão, conseguem se manifestar na quarta dimensão com total desenvoltura e inclusive com seus corpos astrais visíveis. O governo secreto não quer que de forma alguma esta ativação ocorra.


QUINTA DIMENSÃO - É a dimensão da mente e da intuição.
A quinta dimensão mais baixa de característica mental ainda possui muito assédio e nela existem consciências simbióticas (sem forma originalmente, aproveitadoras, manipuladores e antiéticas) que controlam a quarta dimensão e por conseguinte a terceira dimensão.
Elas também ficam na psicosfera ou campo de energia dos seres que passaram pela segunda morte, sejam de quarta, quinta ou sexta dimensão, para evitar o processo de ativação destas consciências a nível multidimensional. Elas, em conjunto com os manipuladores da quarta dimensão é que criaram uma barreira de frequência ou Matrix ao redor do planeta Terra que impede a entrada de energias superiores, cósmicas.
Na quinta dimensão intuitiva superior não há qualquer possibilidade de assédio. Nesta há pontos de consciência ou almas se preferirem, que se reúnem em chamados grupos internos - podem ser de encarnados e de desencarnados.
Essas reuniões ocorrem no chamado sono delta ou profundo para os encarnados, e na quinta dimensão existem hierarquias celestiais que presidem tais encontros.
Vários trabalhos multidimensionais ocorrem na quinta dimensão.
Este trabalho nos grupos internos ocorre dentro da psicosfera ou campos de energia da Terra, sob supervisão total do Logos Planetário ou de seus assessores que são os seres extraterrestres benevolentes ou seres intraterrenos.


SEXTA DIMENSÃO - Se há em torno de um milhão de seres de quinta dimensão que vieram transmigradas para a Terra entre doze mil e seis mil anos atrás, na sexta dimensão há apenas em torno de noventa mil seres que também foram transmigrados para cá por volta do ano mil e seiscentos.
Estes formam o que chamamos de escolas internas e têm acesso a qualquer grupo interno da quinta dimensão. É a dimensão da intuição superior totalmente conectada com as dimensões superiores. As escolas internas têm alcance a nível de sistema solar ou outros sistemas mais próximos, como Alfa Centauro, Órion, Plêiades, Sirius, Arcturus , Vega, etc.
Existe uma nave estelar chamada Shan, onde existem seres que resolveram encarnar na Terra e que conseguem romper a barreira de frequência que agora possui diversas fendas, permitindo a entrada de energias cósmicas. Os seres de quinta dimensão que vieram para a Terra no período que vai desde a decadência de Atlântida estão sendo resgatados e reciclados, pois a maioria escolheu um caminho até então antiético aqui na estada na Terra; alguns se tornaram até chefes umbralinos ou consréus.


SÉTIMA DIMENSÃO - É o reino do som cósmico que origina as formas geométricas da sexta dimensão. É a origem do cinturão de fótons. É a estrada galáctica que carrega informações. Gera sincronias diversas. Sua guardiã é a galáxia de Andrômeda, principalmente através do planeta Hayon.

Existem diversas linhas energéticas no planeta Terra que foram ativadas pelos sons da sétima dimensão. Há seres encarnados em uma dimensão mais sutil, mais ainda física, em certos pontos do planeta Terra, mas que não podem ser detectados pela ciência atual. Lá vivem algo em torno de trinta e cinco milhões de pessoas encarnadas nesta dimensão física mais etérica.

Exemplo de locais, onde existem algumas cidades ou vilas: Monte Shasta e Sedona, nos Estados Unidos; vila perto da cidade de Iquitos, no Peru, a vinte quilômetros da fronteira com o Brasil; Serra do Roncador, também no Brasil; Mirna Jad, na serra da Mantiqueira, também no Brasil; Erks e Iberah, na Argentina; Aurora, no Uruguay; Lis-Fátima, em Portugal e na França; Anu Tea, no oceano Pacífico; Jardim do Senhor, na Caxemira , Índia; nas Ilhas Fiji; Te Anau , na Nova Zelândia, etc. Existem centros etéricos também em locais intraoceânicos e até aéreos, ou na atmosfera do planeta Terra.


OITAVA DIMENSÃO - É a dimensão da luz. Seu maior representante no sistema solar é o Sol, e para a Terra também o sol interno. Seu guardião é a chamada Confederação Galáctica.
Na experiência chamada epinoia, se acessa a Luz diretamente, sem intermediários. As consciências de quarta e quinta dimensão querem a todo custo impedir estar experiência, porque traria um conhecimento e lucidez fantásticos num só momento.

Outro guardião é a constelação de Órion.

É a dimensão mais criativa, onde se pode mentalizar os próprios pedidos de tal forma que se materializam por precipitação, desde que o conteúdo seja totalmente ético e que não prejudique ninguém e até se irradie positivamente. De certa forma, os encarnados da nova leva dos anos mil e seiscentos, transmigrados de outros orbes, já são, por si só, irradiadores de energias novas e mais complexas - dos raios oito a doze por exemplo, enquanto que a Terra da superfície só possui qualidades de raios um a sete.


NONA DIMENSÃO - É a dimensão que está localizada no buraco negro do centro da nossa galáxia. Este sempre recebe raios de outras galáxias. Está sempre em estado de samadhi e bem-aventurança. A matéria e a luz aprisionada neste universo emerge em outro universo ou como chamam os cientistas, buracos brancos.
Com a ativação que o planeta Terra está passando desde a convergência harmônica no ano de mil novecentos e oitenta e sete até fins de dois mil e doze, o planeta está, de certa forma, emergindo neste universo. De certa maneira, é como se a Terra fosse um bebê que está se disseminando para o resto do cosmos. O processo do ano dois mil e doze, é apenas o desdobramento inicial, grandes alterações acontecerão até o ano dois mil e trinta e cinco.


DÉCIMA DIMENSÃO - É o eixo vertical que sustém todas as dimensões desde a primeira à nona dimensão. A galáxia de Andrômeda é que gerencia este processo.

Detalhe:
- Andrômeda é na verdade menor em tamanho que a Via Láctea;
- Andrômeda possui sessenta mil anos-luz de diâmetro, enquanto que a Via Láctea possui o dobro;
- Andrômeda está se aproximando da Via Láctea, enquanto que outras galáxias estão se afastando.
- Existem três mil e duzentos seres de Andrômeda, vivendo na psicosfera da Terra atualmente, inclusive comandantes estelares, muitos vinculados à nave Shan.

IMPLANTES DIMENSIONAIS - Quando a consciência das quinta e sexta dimensões ou mais interagem com seres das dimensões de número inferior, implantam nestes dispositivos dimensionais positivos que permitem aos novatos vislumbrar novas dimensões, mas sempre sob supervisão.

Não confundir estes dispositivos com implantes assediadores ou limitadores de vontade colocados por alienígenas não-benevolentes e por integrantes do governo secreto nas criaturas nos planos físico, astral e mental.

OBSERVAÇÃO - Quando se criou o Universo, as consciências iniciaram suas experiências em dimensões únicas, algumas começaram existindo apenas na sexta dimensão, outras na décima dimensão, outras na XXD. Há aquelas que iniciaram na terceira dimensão como formas virais ou bacterianas e depois de eons de evolução conseguiram chegar à quarta dimensão.

Onde queremos chegar é que uma consciência de sexta dimensão não é mais evoluída que uma de quarta ou terceira dimensão; as mais evoluídas são aquelas que conseguem estar lúcidas em um maior número de dimensões simultaneamente.

Sabe-se que existe uma consciência criada no espaço do Cosmos que consegue estar em trezentas e cinquenta e duas dimensões ao mesmo tempo em múltiplas dimensões em multiuniversos. Os chamados Logos Planetários acessam entre quinze e dezessete dimensões.

Há uma pessoa que vive encarnada numa dimensão mais sutil da Ásia, na Índia que consegue acessar vinte e quatro dimensões ao mesmo tempo. Para concluir, uma dimensão não está acima da outra, mas apenas do lado da outra.

LINHAS B OU LINHAS LEY - Linhas implantadas pela Hierarquia da Terra em conjunto com a Confederação Galáctica no sentido de criar uma malha energética para permitir o fluxo de informações e energias de forma mais otimizada.

Exemplos de locais físicos:Monte Shasta, na Califórnia; Glastonbury e Avebury - onde existem aqueles círculos desenhados em plantações de trigo, na Inglaterra; Uluru, na Austrália; Monte Fuji, no Japão; Monte Cook e Taupo Lake, na Nova Zelândia; Sedona, nos Estados Unidos; lago Atitlan, na Guatemala; Machu Picchu, no Peru; lago Iberah, na Argentina; Chapada dos Guimarães, no Brasil; Reykjavik, na Islândia , etc.

As redes B são como duas finas linhas de energia que formam um trabalho de treliça de ótima malha. Elas conduzem a distribuição de energia ao longo de toda a Terra. Onde quer que duas linhas de luz se cruzem, se forma um vórtice de energia. Cada vórtice possui sua própria idéia central e focalização. Alguns deles estão completamente ativados, outros, não. Essas linhas são formadas por energias criadas e aumentadas por seres elementais e centros intraterrenos, etéricos, aquáticos e aéreos.

REDE A OU DE CILINDROS-MESTRES - são pontos fundamentais para a Terra futura. Serão os locais mais sagrados, junto aos chacras da Terra. Serão o sustentáculo da energia do planeta ou as doze maravilhas da Terra multidimensional.

Vão se formar onze cilindros-mestres: o da Antártida, o do Egito, o da Nova Zelândia , outro próximo à ilha da Páscoa, outro na China, outro na Rússia, outro no Sul da América do Sul, outro na ilha de Açores - Portugal, outro no Caribe, outro no Peru, outro em Bali, na Indonésia e o último na Bacia do deserto de Takla Makan, também na China (Na verdade existe um décimo-terceiro cilindro que está localizado no interior de nossa Terra oca na região correspondente a maior cidade que existe no interior do planeta , este cilindro já está ativado há muito, muito tempo).

- O CILINDRO-MESTRE DA ANTÁRTIDA está ainda adormecido e será o último a ser ativado, talvez em dois mil e treze ou até dois mil e trinta e cinco. Haverá uma rachadura na superfície do continente antártico que o dividirá em dois. Emergirá uma cidade antiga, onde será encontrada uma biblioteca com informações científicas que modificarão a ciência do planeta Terra - O CILINDRO-MESTRE DO EGITO é de pequeno porte se comparado ao da Antártida.

- O CILINDRO-MESTRE DO EGITO corresponde à região onde estão as pirâmides de Gizé. Apesar do local ter uma energia dispersiva devido ao turismo e à política, o local é constantemente realimentado por consciências extrafísicas especiais que mantém o local. Foi o primeiro cilindro a ser ativado.

- O CILINDRO-MESTRE DA NOVA ZELÂNDIA já está ativado e é o maior em extensão física. Seus pontos externos compreendem a região que faz um triângulo entre as cidades de Queenstown, Te Anau e Milford. A ativação será total até 2.012. Enquanto o CILINDRO-MESTRE DA NOVA ZELÂNDIA é o ponto Alfa, o do EGITO é o ponto Ômega.

- O CILINDRO-MESTRE próximo à ILHA DA PÁSCOA equivale a uma antiquíssima região que pertenceu à antiga Lemúria.

- O CILINDRO-MESTRE DO CARIBE equivale a um antigo pedaço pertencente ao continente de Atlântida que submergiu.

- O CILINDRO-MESTRE DO PERU está localizado perto da cidade de Iquitos, perto da fronteira com o Brasil. Neste local, também existe um centro intraterreno e etérico que é o maior do planeta: MIZ TLI TLAN.

- CILINDRO-MESTRE DO SUL DA AMÉRICA DO SUL. Neste continente existem os centros intraterrenos de MIRNA JAD , MIZ TLI TLAN , AURORA, IBERAH e IBEZ. Na América do Sul não existe um cilindro-mestre físico específico, mas sim em torno de 20.000 consciências de sexta e quinta dimensão que estarão encarnados ou desencarnados; os encarnados vivem na região Sul, Sudeste, Mato Grosso do Sul, todos estes no Brasil, mas também em toda a Argentina, Uruguay, Chile, Paraguay , Bolívia e Peru.

Cada um destes será um cilindro de luz ou yod ambulante, de cor translúcida e tendendo para as cores índigo, cristal, lilás , branco, dourado e arco-íris. Farão assistência e trabalhos em até doze dimensões. Também devemos ressaltar outro centro intraterreno importante no processo: LINCAN CABUR , no Chile.

Os referidos comandantes andromedanos da nave Shan é que estão atualmente trabalhando na ativação destas vinte mil consciências encarnadas ou não, fazendo limpeza em seus campos de energia, retiradas de miasmas, estigmas, assédios, etc.

Estes comandantes são seres entrantes ou walkins - ocupam o corpo físico de outra pessoa que já partiu e que foram compensadas com trabalhos e estudos em dimensões extrafísicas positivas ou até trabalhando na própria nave Shan. Por serem walkins, os comandantes possuem maior facilidade para se desdobrar e com total rememoração, trabalhando conforme agenda organizada pela Hierarquia Galáctica, sendo apenas um elemento dentro deste processo.

Eles trabalharão, inicialmente no processo de ativação de processos de seus companheiros encarnados. Imaginem quando todos os trabalhadores de luz estiverem com cem por cento de sua capacidade, reurbanizando todos os ambientes extrafísicos e físicos, limpando toda a poluição extrafísica e talvez física do planeta, transladando as consciências para os locais do universo onde sejam mais compatíveis com os seus padrões atuais de comportamento.

OBSERVAÇÃO - O acesso à rede A ou de cilindros-mestres é conseguido apenas por um conselho de nove consciências, que são seres estelares Annutara, que estão na Terra a vinte e seis mil anos em várias dimensões. Eles acessam os chamados Painéis de Controle.

PESSOAS-CILINDRO - Está acontecendo um desenvolvimento gradual das pessoas-cilindro, através da implantação de yods ou cilindros multicores nos campos de energia dos eleitos em períodos cada vez maiores, de tal forma que por volta do ano dois mil e doze ou dois mil e treze, milhões de encarnados - até de quarta dimensão - poderão ter pelo menos duas capas energética de yod implantada de forma permanente em suas psicosferas. Há consciências que vão implantar até dez capas energéticas ou yods.

CHACRAS DA TERRA - São sete, como na maioria dos seres encarnados no planeta, quais sejam: o chacra raiz está localizado no Monte Shasta, na Califórnia; o chacra básico está localizado na ilha do Sol, no lago Titicaca entre o Peru e a Bolívia; o chacra do plexo solar está localizado em Uluru, na Austrália; o chacra do coração está localizado em Glastonbury e Avebury, na Inglaterra; o chacra laríngeo está localizado na Bacia de Gizé, no Egito; o chacra frontal está localizado na montanha Malek-Siah, no Irã e o chacra coronário está localizada no monte Kalash, no Tibete. Existem, na verdade, doze chacras na Terra, porque outros cinco estão localizados no interior da Terra.

"CRIATURAS DA SUPERFÍCIE DA TERRA: DESPERTEM DE UMA VEZ..."

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Praia de Cristal

Olha que coisa incrível,
a natureza mostra que pode transformar tudo de novo.

Achei aqui Crystal Beach e aqui Glass Beach.


Fort Bragg, Califórnia (EUA) - O que já foi uma vez um local de depósitos se transformou agora em uma das praias mais inspiradoras que o homem já fez. Cacos de vidro quebrado foram amaciados, polidos por décadas pelo impacto das ondas. Os turistas, quando vão a esta praia pela primeira vez, normalmente ficam preocupados de pisar na areia de "vidro" com medo de se cortarem com algum caco, mas logo percebem que ela é tão confortável quanto uma seda.



A praia de vidro fica localizada em Fort Brag, na Califórnia, e ganhou este nome pois em suas areias pode ser encontrada uma enorme quantidade de vidro.



O vidro é proveniente do lixo que os moradores da região descartavam diretamente no mar no começo do século 20. Em 1967, a área foi fechada para o início de uma série de programas de limpeza, numa tentativa de recuperar a praia.



Ao longo das décadas, o martelar das ondas quebrou o vidro em pedaços pequenos que foram polidos pela areia, onde a luz solar cria um efeito fantástico, refletindo sobre os milhares de pedaços de vidro.



A praia foi recentemente adquirida pelo Estado Califórnia e é uma área protegida.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...