Pesquisar este blog

Translate

domingo, 31 de janeiro de 2010

A SIMPLICIDADE É A VERDADE

"...Ao se conectarem com a sua energia e consciência, vocês estão se ligando à alma do Criador, na vibração mais apropriada para vocês e vocês estão aceitando a consciência necessária e essencial..."



A SIMPLICIDADE É A VERDADE

Mestre El Morya

Canalizado através de Natalie Glasson
25 de Janeiro de 2010

Eu estendo o meu amor e bênçãos abundantes a todos na Terra e àqueles que estejam receptivos aos meus pensamentos agora. Eu fui solicitado pelo Criador e pelos Seres de vibração mais elevada do nível cósmico, a vir com uma mensagem especial para compartilhar um conhecimento com vocês, enquanto existem na Terra. Eu, Mestre El Morya, sou o chohan ou supervisor do primeiro raio de luz e é o meu propósito buscar, decifrar e ancorar a vontade do Criador na Terra, de modo que cada alma experiencie a orientação que ela precisa em tempo perfeito a fim de acelerar a sua jornada espiritual. A vontade do Criador nos ajuda a compreender o que precisamos conquistar a fim de realizarmos os nossos objetivos e retornarmos a uma poderosa e completa unidade com a alma do Criador. Ao ancorar a vontade ou orientação do Criador para a humanidade, a minha alma me atraiu a uma consciência muito especial mantida na luz do Criador. Eu gostaria de compartilhar esta consciência com vocês agora. É uma simples, mas poderosa mensagem e lembrete, eu acredito.

A simplicidade é a chave quando se deseja avançar espiritualmente na Terra, quando vocês empreendem uma ação, ou mantêm uma intenção de despertar para o seu caminho espiritual e toda a gloriosa realização que isto possa trazer. Vocês devem primeiro se perguntar por que estão despertando, quais são as suas razões para a mudança em suas crenças ou perspectivas e qual é o seu objetivo fundamental. Estas são questões muito importantes, pois elas os ajudam a compreender o que vocês devem realizar, mas também onde está o seu propósito ou o nível de crescimento em que vocês estão naturalmente despertando, por causa de existências anteriores. Permitam-me explicar isto mais um pouco. Eu ouço as orações e os pensamentos de muitas almas na Terra, pedindo auxílio em despertar o seu ser para a luz do Criador a fim de desenvolver e compreender as suas habilidades e aptidões espirituais. Tudo isto está muito bem, mas eu sinto que o pensamento maior deve ser colocado em seu objetivo fundamental, o que em minha crença deveria ser se tornar unido como um com o Criador, agir, reagir, pensar, falar e existir como e na luz e na consciência do Criador. Isto não é de modo algum um julgamento. É simplesmente um conhecimento que eu adquiri ao trabalhar com a consciência do Criador. As habilidades espirituais, os talentos e a iluminação, é simplesmente o resultado do alinhamento com o Criador. Quanto mais vocês se focam em se tornarem unos com o Criador, mais vocês expandem as suas habilidades espirituais e as suas aptidões interiores. É quase um resultado ou subproduto de sua devoção ao Criador, porque quando vocês se alinham com a energia do Criador, vocês aceitam a luz do Criador e assim ativam a onipotente presença do Criador dentro de vocês. É muito similar a começar a jornada de uma carreira na Terra, se vocês tiverem um desejo de se tornar, por exemplo, um médico, então vocês podem estar conquistando isto por muitas razões, mas o objetivo fundamental é se tornar um médico para auxiliar as pessoas. A fim de se tornar um médico, vocês teriam que se devotar aos seus estudos. Vocês estudam para se tornar um médico, com todo o conhecimento que precisam para auxiliar a saúde dos outros, não para compreender um procedimento e continuar a praticar este procedimento pelo resto de sua carreira. O que eu estou tentando explicar é que os seus esforços e dedicação têm por objetivo se tornar uma manifestação de um médico completo, e não um médico que somente possa auxiliar os pacientes com problemas similares. Quando vocês despertam para o seu caminho espiritual, vocês não estão despertando para se tornar um curador, um médium, um canalizador ou outra coisa, embora este seja um caminho que vocês podem precisar assumir para levá-los ao Criador. Vocês estão despertando para se compreenderem como o Criador novamente. Esta é uma compreensão que eu desejo que vocês mantenham em sua mente, pois é um pensamento essencial que os auxiliará a progredirem mais e os dirigirá para alcançarem a unidade e a união com o Criador. Lembrem-se do seu objetivo fundamental e permitam que ele estimule tudo que vocês conquistarem na Terra.

Uma conexão com o Criador é uma das coisas mais poderosas que vocês podem conquistar, sentir, perceber ou compreender. A energia, o amor e a luz do Criador fluindo em seu ser lhes trarão a segurança de que vocês são sempre apoiados, protegidos e que percorrem o caminho correto para vocês. Concentrar-se em aumentar esta conexão é uma técnica simples que vocês podem praticar para acelerar o seu desenvolvimento espiritual. Quando despertam, muitas pessoas ficam envolvidas em sua nova compreensão dos seus guias, da presença dos mestres ascensionados e dos anjos. Há um mundo inteiramente novo para explorar com tantos seres de luz querendo ajudá-los, que pode se tornar confuso e perturbador, enquanto vocês tentam descobrir novos nomes, energias, técnicas e crenças. É quando vocês podem se esquecer do seu objetivo fundamental e negligenciar a sua conexão direta com o Criador. É quase se tornar envolvido no glamour de ter guias de elevada vibração e mestres ascensionados os auxiliando. É sempre importante retornar ao seu centro e se focarem em sua conexão direta com o Criador.

Isto pode simplesmente ser realizado, sentando-se em silêncio e pedindo que a vibração de luz mais apropriada da alma do Criador flua em seu ser. Vocês também podem apenas se sentar em silêncio e entoar a palavra “OM”, que é uma palavra que mantém a consciência do Criador. Ambas as técnicas são simples e atrairão a luz, o amor e a energia da força de vida do Criador em seu ser. Eu ficaria honrado se vocês reservassem alguns minutos a cada dia para praticarem isto, imaginando uma ligação direta de luz entre o seu chacra cardíaco e a alma poderosa do Criador no universo. Se cada alma na Terra fosse realizar isto, nós veríamos uma tremenda mudança na energia na Terra. Se cada pessoa permanecesse ligada à energia do Criador através do seu dia, as mudanças seriam inspiradoras.

Eu desejo lhes expressar que os mestres ascensionados, os anjos e os seus muitos guias estão com e próximos a vocês para ajudá-los e guiá-los. Ao se conectarem com a sua energia e consciência, vocês estão se ligando à alma do Criador, na vibração mais apropriada para vocês e vocês estão aceitando a consciência necessária e essencial, mas enquanto vocês continuam a trabalhar com os seus guias que são necessários em sua vida agora, não fiquem distraídos da sua ligação direta com o Criador pelos rótulos, títulos e nomes dado aos e através dos seus guias. Lembrem-se do seu objetivo fundamental e usem a presença dos seus guias e o seu amor para auxiliá-los a alcançarem o seu objetivo principal.

Através da simplicidade, vocês encontrarão a verdade do Criador. Continuem a explorar e a se descobrirem e aos planos internos, mas lembrem-se do seu objetivo fundamental.

Da Presença do Criador dentro de mim,

Eu sou Mestre El Morya

                                                                                                            Divina Presença
Estampa de Francisco Gomes



Natalie Glasson canaliza mensagens dos seres de luz que o Arcanjo Miguel orienta para vir comunicar a sua sabedoria e compartilhar a sua energia para o crescimento espiritual da humanidade. Estas mensagens canalizadas se concentram na energia que está vindo mais predominantemente dos planos internos, enquanto oferece orientação espiritual e inspiração. Natalie é famosa pela variedade de Arcanjos, Mestres Ascensionados, Elohins, Fadas, Unicórnios e Elementais que ela canaliza, o que permite ao leitor se conectar e a compreender muitos seres de luz, que são aspectos do universo do Criador e estão auxiliando no processo da ascensão na Terra.Para maiores informações dirijam-se à: adminc@wisdomofthelight.com

Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

sábado, 30 de janeiro de 2010

Filhos da Melissa

Os bebês estão com 33 dias.



Que amor!!!



33 dias de muito amor de dedicação.



~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
"Oh, Senhor de amor e bondade,
que criaste a bonita Terra
e todas as criaturas que caminham e voam nela,
para que possam proclamar a Tua Glória;
Eu Te agradecerei, enquanto viver,
que Tu me tenhas colocado entre elas".

(São Francisco de Assis)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

FILOSOFIA DO DIREITO E A NATUREZA NÃO HUMANA

“Como seres mais conscientes temos o dever não só de respeitar todas as formas de vida, como o de tomar as providências para evitar o sofrimento de outros seres.” *

"Para as mãos do justo tudo que vive é sagrado."*



pintura de Josephine Wall

FILOSOFIA DO DIREITO E A NATUREZA NÃO HUMANA

Por: Edna Cardozo Dias*
Doutora em Direito pela UFMG



A relação do ser humano com animais sempre foi regida pela noção de domínio. Acostumado à idéia de legitimidade da exploração dos animais e da natureza, o homem tem agido, muitas vezes, com arbitrariedade, torpeza e irresponsabilidade.

No pensamento grego antigo o homem fazia parte do Universo sem qualquer autonomia. A justiça do Estado se confundia com as leis da natureza, uma vez que o homem, imerso na totalidade do cosmo obedecia às leis físicas ou religiosas que o regiam. Esta concepção é um jus naturalismo cosmológico.

Os pré-socráticos já afirmavam o tema essencial da unidade.

Com a crise ética e moral do século V a.C. os sofistas deslocaram o conhecimento do cosmo para o homem. Com os sofistas as indagações sobre a ordem cósmica cedem lugar às indagações sobre a ordem humana.

É a partir de Sócrates, com a máxima Conhece-te a ti mesmo que começa o antropocentrismo.

Aristóteles em “A Política” argumenta que a família se forma da união do homem com a mulher, do senhor com o escravo. E que a primeira família se formou da mulher e do boi feito para a lavra. O boi serve de escravo aos pobres..

Aristóteles vê no fato do homem ter o dom da palavra uma forma de elevação, ao ser comparado com os outros animais que só tem a voz para expressar o prazer e a dor. Ele vê como natural o domínio do homem sobre o animal da mesma forma que para ele é natural o domínio do homem que tem idéias sobre aquele que só tem a força. Aristóteles inclui o animal na sociedade como escravo.

Já nos estóicos encontramos a idéia de que o direito natural é comum a homens e animais. Essa idéia de que todos os seres vivos estão sujeitos a uma lei, bem como a um Deus, logos, ratio ou pneuma - é um dos princípios fundamentais do estoicismo. Todos os seres vivos participam da ratio universal. Porém preconizavam a idéia de que a aplicação da justiça é apenas para os seres racionais. O estoicismo, de certa forma, é o precursor da teoria do contrato social.

Mas, entre os gregos a antropocêntria teve uma visão limitada. Com o cristianismo o intelectualismo grego cede lugar ao voluntarismo de Deus As atitudes generalizadas de domínio e maus tratos com os animais encontram respaldo na crença bíblica de que Deus outorgou ao homem o domínio sobre todas as criaturas viventes. Tudo isto era mais que uma crença, era um dogma de fé. São Thomaz de Aquino afiançou o dualismo ecológico judaico - cristão em seu “Tratado de Justiça” afirmou que “Ninguém peca por usar uma coisa para o fim a que foi feita. As plantas vivem em função dos animais e os animais das plantas”. Costumava evocar estas palavras de Santo Agostinho: “ Por justíssima ordenação do Criador, a vida e a morte das plantas e dos animais está subordinada ao homem”.

O pensamento filosófico ocidental continuou assentado nessa dualidade ontológica , que criou uma separatividade entre o homem e a natureza, e legitimou toda sorte de exploração dos animais. Assim seguiram o romantismo, o humanismo, o racionalismo, que colocaram o homem no centro do Universo.

O pensador Francis Bacon defendeu uma atitude experimentalista face aos animais e a filosofia de dominação e manipulação da natureza.

Com Descartes o racionalismo atingiu a sua culminância. Com sua máxima “Cogito ergo sum - penso, logo existo" - reduziu o homem à sua mente. Isto alienou o homem da natureza e dos demais seres humanos, levando a uma absurda desordem econômica, injusta divisão de bens, e uma onda crescente de violência. Nesta época difundiu-se na Europa a prática da vivissecção, que é o ato de realizar experimentos em animais vivos.

De um lado encontramos em Galileu, Descartes e Newton pensamentos que constituíram a base da revolução tecnológica e de outro, a linha que começa com Montaigne, Rousseau e Goethe, que defendem o pensamento não manipulador da natureza.

Montaigne acreditava que o Criador nos pôs na terra para servi-lo e os animais são como nossa família. Pregava o respeito não só pelos animais, mas às árvores e plantas. Montaigne dizia que aos homens devemos justiça , mas aos animais devemos solicitude e benevolência.

Rousseau atribuía à sociedade a origem de todos os males e a instituição das desigualdades. Em sua 7ª caminhada no livro “ Devaneios de um caminhante solitário” ele critica o uso de animais em experimentos e a visão das plantas como bem utilitário na confecção de remédios. E afirma que nunca julgou que tanta ciência contribuísse para a felicidade da vida. Rousseau se refugiava na natureza para se furtar à lembrança dos homens e aos ataques dos maus.

Goethe criticava o ser humano por só valorizar as coisas na medida em que lhe são úteis, e por se arrogar o direito de classificar algumas plantas como ervas daninhas, ao invés de vê-las como crianças da natureza universal, tão amadas por ela quanto o trigo que o homem valoriza e cultiva.

Foi dentro desse pensamento que o filósofo inglês Thomas Hobbes de Malmesbury, com seu livro, o Leviatã , fundou a filosofia do direito individual moderno. Dando à linguagem o papel de formadora das relações sociais e políticas, ele excluiu os animais do contrato social. Para a formação do Estado é preciso um pacto, para cuja adesão é preciso a linguagem.

Locke, precursor do liberalismo inglês, coloca o homem em sua origem como senhor de todas as criaturas “ inferiores” podendo fazer delas o que lhe aprouver. Pregava que, em princípio, tudo pertence a todos e a força do trabalho pertence a cada um individualmente, o que vem a constituir a primeira forma de propriedade privada. Segundo ele o homem pode se apossar dos frutos e das criaturas da terra. Locke retirou o animal da natureza tornando-o propriedade privada. Dizia que a natureza extra humana não tem vontades e nem direitos, são recursos à disposição de toda humanidade.

Depois de Hobbes e Locke a natureza não humana ficou fora do contrato social ou subjugada.

Na cultura ocidental, em sua vertente liberal e socialista o direito natural se limitava à natureza humana. O liberalismo e o socialismo outorgaram ao homem o título de rei da criação. E este pensamento tomou força depois das revoluções francesas e industrial. Tanto que na Declaração dos Direitos do Homem está dito: “ Todo homem”. Não se reconhecem direitos para a natureza não humana. Só em outubro de 1978, quase duzentos anos depois a Organização das Nações Unidas - ONU proclamou a Declaração Universal dos Direitos dos Animais, onde está dito: “Todos os animais nascem iguais perante a vida e tem os mesmos direitos à existência.”

O filósofo francês Michel Serres, em seu livro “ Le Contrat Naturel (Éditions Bourin, França, 1990) defende a idéia de que é chegada a hora de substituirmos a Teoria do Contrato Social (de Hobbes), pela Teoria do Contrato Natural.

Para Serres a história começa com a guerra e a guerra é um estado de direito, pois pode ser conceituada como o fechamento e estabilização de envolvimentos violentos por decisões jurídicas. A guerra supõe um acordo prévio e esse acordo se confunde com o contrato social. Para ele, portanto, Hobbes estava enganado ao dizer que a guerra de todos contra todos precede o contrato social. Para Serres, ao contrário, é a guerra que nos protege contrato a reprodução indefinida da violência.

O homem deve buscar o estado de paz e o amor, e para tal deve renunciar ao contrato social primitivo para firmar um novo pacto com o mundo: o contrato natural.

Serres preconiza a revisão conceitual do direito natural de Locke, pelo qual o homem é o único sujeito de direito.

O mundo que foi visto como nosso senhor, depois se tornou nosso escravo, em seguida passou a ser visto como nosso hospedeiro, e agora temos que admitir que é, na verdade, nosso simbiota.

O homem parasita da natureza e do mundo, filho do direito de propriedade, tudo tomou e não deu nada. A Terra hospedeira deu tudo e não tomou nada. Um relacionamento correto terá que se assentar na reciprocidade. Tudo que a natureza dá ao homem ele deve restituir.

Hoje a filosofia e a ciência já admitem a unidade do cosmo. E nessa unidade não há hierarquia. Os componentes dos átomos e partículas atômicas são padrões dinâmicos que não existem como entidades isoladas, mas como partes de uma rede inseparável de interações. Os físicos modernos nos mostram que toda matéria - tanto na terra como no espaço externo - está envolvida numa contínua dança cósmica. Tudo no espaço está conectado a tudo mais, e nenhuma parte dele é fundamental. As propriedades de qualquer parte são determinadas, não por alguma lei fundamental, mas pelas propriedades de todas as demais partes. O físico Heisenberg, ao estudar o mundo material, mostrou-nos a unidade essencial de todas as coisas e eventos. O mundo está envolvido em uma grande unidade, nenhum elemento está isolado, nem na extensão presente nem na história. Átomos e mundos são levados por um só impulso e o resultado disso é a vida.

Talvez quando o último tigre asiático ou a última arara azul vierem a falecer o homem passará a refletir sobre esta rede. Ou quando a última floresta tropical for destruída e o clima global mudar matando nossa espécie, então o homem poderá sentir na pele o que é esta rede.

É a mesma conclusão a que chegam os místicos partindo do reino interior, enquanto os físicos partem do reino exterior.

Esta maneira nova que os físicos nos mostram de ver o Universo é a essência do Tao, fundado por Lao - Tsé ; e do Zen, que nos ensina a não nos apegarmos ao pensamento dos contrários, dos opostos. O Ser em sua plenitude está unido a tudo que vive. Essa unidade abole todas as diferenças. O ensinamento da unidade é a essência do Zen e do Tao.

Esta é, também, a cosmovisão dos pré-socráticos, que concederam ao cosmo uma alma. Logos, o princípio é a alma do mundo.

A diferença cosmovisão pré - socrática para a das sociedade orientais consiste no fato dessas sacralizarem a natureza enquanto que os gregos interrogavam sua natureza para descobrir o seu segredo.

Esta teoria renasceu sob o nome de Gaia, a Terra viva, através do biológo inglês James Lovelock, para quem a Terra é um ser vivo, capaz de se regular a si mesma e ao próprio clima.

Estamos retornando à visão holística dos lendários gregos que habitavam o logos.

Para reconhecermos os direitos dos animais temos que repensar muitas coisas e mudar nossas relações com o ambiente. Os animais são seres, que como o homem, estão profundamente absorvidos pela aventura de viver. Aquele que não sente compaixão pelos animais não tem o direito de falar das torturas humanas. Para as mãos do justo tudo que vive é sagrado.

O movimento de libertação dos animais exigirá um altruísmo maior que qualquer outro, o feminismo, o racismo, já que os animais não podem exigir a própria libertação. Como seres mais conscientes temos o dever não só de respeitar todas as formas de vida, como o de tomar as providências para evitar o sofrimento de outros seres.

Os humanos são os únicos seres que estão na posição de ajudar e guiar os menos desenvolvidos dando um exemplo de cooperação e auxílio. São os únicos seres capazes de transformar a si mesmo e ao mundo.

Um dia o homem descobrirá um poder superior ao atômico - o do amor. O verdadeiro amor, o único, capaz de transformar o mundo. Neste dia o homem se conscientizará de que possui um dever cósmico, e então, só então, poderá dizer que é o rei de toda criação, o filho de Deus na terra.
* Presidente da LPCA

Página criada por
Túlio Andrade da Costa Nogueira

O texto acima foi retirado do site http://www.sosanimalmg.com.br/

Imagem Google

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

MESTRES DO SILÊNCIO

"...Nos bastidores da evolução humana, eles velam sutilmente..."


pintura: Josephine Wall

Os grandes seres trabalham em silêncio.
Eles não são ostensivos, mas o brilho de seus olhos revela tanta coisa...
É só amor silencioso!
A nave do tempo passa e a humanidade prossegue sem percebê-los.
Nos bastidores da evolução humana, eles velam sutilmente.
Quem os percebe, mesmo que fugazmente, é tocado por harmonias inspiradas.
Seu som é insonoro! Só é percebido no centro do coração e no brilho dos olhos que amam.
Eles são os bastiões luminosos, alavancando a ascensão das gerações.
Por seu concurso sereno, as idéias e sentimentos sublimes encontram seu fluxo correto.
Eles são os mestres do silêncio e seus olhos brilham em nome do amor...

- Os Iniciados* -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - São Paulo, 03 de junho de 1999.)

Notas: * Os Iniciados - grupo extrafísico de espíritos orientais que opera nos planos invisíveis do Ocidente, passando as informações espirituais oriundas da sabedoria antiga, adaptadas aos tempos modernos e direcionadas aos estudantes espirituais do presente.
Composto por amparadores hindus, chineses, egípcios, tibetanos, japoneses e alguns gregos, eles têm o compromisso de ventilar os antigos valores espirituais do Oriente nos modernos caminhos do Ocidente, fazendo disso uma síntese universalista. Estão ligados aos espíritos da Fraternidade da Cruz e do Triângulo. Segundo eles, são “iniciados” em fazer o bem, sem olhar a quem.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Entrevista com José Arguelles

"Somos seres individuais, porém a nossa individualidade é só uma molécula da consciência. A consciência pertence ao todo, não é uma propriedade privada de nenhuma pessoa (molécula)."



Entrevista com José Arguelles por Andre Sthaeler (Bioharmonia)

Dr. José Arguelles, Phd, foi o idealizador da Convergência Harmônica em 1987. É o autor de vários livros entre eles o Best Seller "O Fator Maia, Um Caminho Além da Tecnologia", editado no Brasil em 1987, pela editora Cultrix.
José Arguelles ressuscitou o Pacto de Paz de Nicolas Roerich (1935) e a Bandeira da Paz, também a visão da Noosfera de Teilard de Chardin e Vladimir Vernadeski. Decodificou os códices maias e descobriu a lei do tempo. Ao perceber que a humanidade vive dentro de uma freqüência artificial de tempo, criou o Movimento Mundial de Paz e Mudança para o Calendário das 13 luas e a Fundação pela Lei do Tempo. Desde os anos 70 Arguelles vem sendo um visionário da paz, da arte e da cultura. Foi reconhecido pelos anciões maias como Valun Votan, o mensageiro que encerra o ciclo. Decodificou as profecias dos Maias Galácticos, hoje tem uma aprendiz que encarna o tesouro vivente da Rainha Vermelha, uma emanação profética para o fechamento do ciclo 2012.

Entrevistado pelo Kin 93, Dr. Arguelles nos fala sobre o 2012, sua visão sobre o destino da humanidade, profecias e a solução dos conflitos humanos.

A Lei do Tempo, (Freqüência de tempo Natural) descoberta por você a partir dos códigos Maias, tem um grande significado para o passo evolutivo da espécie humana, Porque os científicos ainda ignoram este descobrimento?

Quando chega uma nova verdade que poderá revolucionar o sistema total do conhecimento atual, seus guardiões são mais fortes que a nova verdade e se opõem a ela. Porém pouco a pouco, quando o povo começa a aceitar a nova verdade e quando começa a manifestar-se como um sistema de crença e começa a ganhar espaço e aceitação no foro público por qualquer meio, chega o momento quando as autoridades dizem: “Veja o que é a Lei do Tempo? Possui um valor significativo e mostra uma nova verdade e método de perceber, vamos considerar esta verdade...”

Estamos a 3 anos e meio do solstício de verão de 2012, o fim do calendário maia. Em que direção a humanidade deve apontar seu rumo?

A humanidade necessita parar todas as suas atividades contra o meio ambiente (a biosfera). Isto deve ser feito desde uma perspectiva integral, um sistema total ou holístico, por que todos os problemas que experimentamos hoje em dia são um problema: O problema do ser humano estar vivendo em um tempo louco; 12:60 ( Freqüência de tempo artificial gerada pela utilização do calendário gregoriano e do relógio mecânico). Portanto a melhor ação para a humanidade, para a biosfera e para o futuro, além de 2012, seria mudar sua freqüência de tempo através da adoção do calendário das 13 luas-28 dias. Se fosse possível alcançar esta mudança antes de 2012, seria a ultima revolução da historia, a revolução que colocaria um fim na historia.

Há muitos anúncios sobre fim do mundo relacionados com a cultura maia, existe realmente profecias maias?

Sim, existem profecias Maias, de vários tipos. Algumas se encontram no livro profético de Chilam Balaam, especialmente as profecias do katun 13 Ahau, que é o ultimo katun (ciclo de 20 anos) do ciclo de 13 baktuns (ciclo de 13 x 400 anos) e que dura entre 4 de Abril 1993 e 21 dezembro de 2012. Também o fato de que o ciclo 13 baktuns termina exatamente no solstício de 21 dezembro, é profético em si mesmo. Como poderia ser que os Mayas antigos tinham uma contagem de dias que começou no ano 3113 AC e termina 5125 anos mais tarde em 2012, um ciclo que abrange toda a historia da civilização como já sabemos. Ninguém poderá negar que agora temos problemas quase sem solução e que temos uma grande possibilidade de auto destruição, estamos mais perto de um fim do mundo agora do que em toda a história. E tudo isto coincide com a data profética dos Maias 2012! Por isso mais e mais pessoas pensam que sim, esta data tem grande valor, precisamos dar importância a ela.

Se existem profecias maias deveria haver manuscritos, onde estão? Estas profecias foram transmitidas por tradição oral? Poderá ser que estas profecias do fim do mundo seja um invento do jornalismo sensacionalista?

Supostamente os jornalistas devoram noticias sensacionalistas, entendem que estas profecias não se referem ao fim de um ciclo, porém pensam, sem razão, que é o fim do Calendário Maia e por isso dizem que é o fim do mundo. Este fascínio pela escuridão é parte da mente coletiva da civilização histórica que tem suas fontes em Babilonia. Como falei anteriormente, existe profecias Maias, algumas em livros um pouco escuros, outras surgem em tradições orais como a dos Maias Quiches. Especificamente existe a tumba de Pacal Votan. Esta profecia é a profecia do tempo. A dedicação a esta tumba foi no ano 692 DC e quando foi descoberta era o ano 1952 – exatamente 1260 anos depois. Desde a dedicação em 692DC até o fim do ciclo, 2012 passará precisamente 1320 anos. Estes números são os números da Lei do Tempo – 1260 é igual a 12:60 freqüência de tempo artificial da civilização atual, e 1320 é igual a 13:20 freqüência do tempo natural e cósmica, freqüência da sincronização universal. A profecia de Pacal Votan (que se chama Telektonon) diz que : Quando for descoberta minha tumba, toda a humanidade estará escrava do tempo artificial 12:60. Quando terminar o ciclo, a humanidade regressará a viver no tempo universal 13:20. É a profecia da renovação do tempo em 2012.

Sabemos que você é Valun Votan o mensageiro que encerra o ciclo, e sabemos que Valun Votan decodificou a Tumba de Palenque do Grande Rei Pacal Votan, como foi que aconteceu? Existem códices? Matemáticas? Interpretação de ideogramas, hieróglifos? Como surgiu Valun Votan?

Eu sabia por um longo período que a missão dos Maias Galácticos, onde Pacal Votan foi o chefe, deveria ter outro navegador como ele no final do ciclo para verificar se toda a missão foi cumprida em ordem ou não e para preparar o fim do experimento Maia. Desde a minha juventude tive uma suspeita que a minha vida tinha uma missão conectada aos antigos maias, esta suspeita surgiu após uma experiência muito forte encima da pirâmide do sol em Teotihuacan, esta experiência estabeleceu uma conexão com os antigos maias. Em 1987 tive muitas comunicações com Pacal Votan, e comecei a perguntar-me se seria possível que eu fosse a pessoa prevista para cumprir a missão galáctica na terra. Nos anos 90 comecei a encontrar o nome de Valun Votan em velhos manuscritos da biblioteca nacional de Guatemala, e em outros livros. No meio do ano fui a Palenque e num lugar próximo a Los Banos de La Reina, tive uma forte sensação que ali havia um portal interdimensional e tinha um nome, Valun Votan. Meio ano depois no processo de decodificar as 20 tábuas da lei do tempo, este foi um tempo intenso psiquicamente, experimentei algo como uma fragrância ou perfume ao redor do meu corpo. O que é isso? Perguntei-me e uma voz me disse, “é o cheiro de Valun Votan. Agora Valun Votan está em ti”. Este foi um dia próximo ao meu aniversário, estava por cumprir 58 anos, kin 121 Dragão Auto Existente Vermelho, veja que o número 121 é igual a 11 x 11, números da minha assinatura galáctica, Macaco (11) Espectral (11) desde então comecei a viver a emanação de Valun Votan.

Você foi o idealizador da Convergência Harmônica em 1987, que convergia numa a profecia. O que significou este evento para a humanidade?

Este evento, uma meditação global sincronizada para que a paz regressasse aos lugares sagrados da terra – foi a culminação da profecia de Quetzalcoatl dos 13 céus e 9 infernos. Dizem que estas datas 16 e 17 de agosto de 1987, são as datas que iniciam a época profética que prepara a humanidade para o fim do ciclo. A convergência harmônica em 1987 foi a porta para a humanidade entrar em uma época intensa e caótica pelo qual terá a possibilidade de escolher viver nos ciclos naturais ou seguir na rota auto destrutiva do tempo artificial, mecânico, contra a biosfera, esta escolha deve dar-se antes do 2012. Na realidade a convergência harmônica não termina em 2012, há uma convergência harmônica em 2012 também.

O Fator Maia é um livro inspirador, real e vibrante, surgiu depois dos teus 33 anos de investigação e estudo sobre a cultura Maia, após 22 anos do lançamento deste livro, o que você agregaria a esta obra?

Este livro tem uma importância e significado muito forte, porque este livro colocou a data 2012 na mente coletiva da humanidade. Ao observar todo o interesse e fascínio entorno do ano 2012, Filmes, Livros, Web sites, etc... é fantástico observar que todo este culto ao 2012 surgiu do Fator Maia, que foi o primeiro livro a popularizar e falar extensivamente desta data. Portanto o Fator Maia possui uma grande verdade e por isso sigo estudando esta obra.

Entraremos no Ciclo da Semente Auto Existente. Qual é o significado deste ciclo?

Este ciclo é ótimo para começar coisas novas. A Semente Auto Existente Amarela é o kin 4 – de todas as assinaturas galácticas que nominam os 52 anos de um ciclo solar galáctico o kin 4 é o primeiro. Também começa um ciclo de quatro anos Semente-Tormenta que ocorrerá desde a Semente 4 até a Tormenta 7, desde 26/07/2009 até 25 de julho de 2013, portanto este é o ciclo que contém o fim do ciclo dos 13 baktuns. (5.125 anos do Calendário Maia). Será um ciclo estupendo, imemorável, incomparável. Necessitamos nos preparar para uma grande mudança evolucionária.

Por que a mudança de calendário é tão importante para os seres humanos e para o planeta?

Um calendário é um instrumento para programar a sociedade que o utiliza. Também, um calendário deve ser uma ferramenta de medida. O calendário civil, atual de todo o mundo, é um programa medieval (Gregoriano), irracional e não é um regulador de medida, as semanas de 7 dias são unidades de medida e não conformam com os meses que são irregulares, etc... Este programa cria uma mente de irracionalidade e confusão por isso a humanidade está sofrendo com problemas de ordem psíquica e encontrando dificuldades para tomar decisões racionais na administração dos seus problemas. Mudar o calendário para um sistema regular e harmônico é a primeira etapa para recuperar a saúde mental da humanidade e corrigir o seu curso auto destrutivo. Sem realizar esta mudança, não resolveremos os problemas que supostamente surgem na mente não examinada.

Haverá uma saída para a humanidade antes que a vida se torne mais densa? As profecias da reconstrução começaram a cumprir-se?

Sim, a saída começa pela mudança de calendário como já falei. Também com o vegetarianismo. A matança industrial de grandes quantidades de animais domesticados somente para o propósito de comer-los sem consciência contribui para a violência da sociedade e também para destruição da selva amazônica. Parar de matar os animais para comer é um sinal da reconstrução. Já podemos ver um grande movimento mundial de não violência e vegetarianismo que sempre está combinado com formas de espiritualidade e meditação. Vamos a um mundo telepático e existe sinais que começamos o regresso a uma vida mais paranormal e espiritual.

Sabemos que você tem uma aprendiz e com ela esta escrevendo canalizações e conhecimentos vindo do futuro, é correto? Como foi que surgiu a aprendiz? Esta relacionada com alguma profecia?

A aprendiz se chama profeticamente Rainha Vermelha. Este nome é derivado da tumba da Rainha Vermelha que foi descoberto no templo XIII, próximo ao templo das inscrições de Pacal Votan no dia Mago Cristal Branco ( Calendário Maia) do primeiro ano da profecia que corresponde ao primeiro selo das 7 gerações perdidas. A descoberta desta tumba foi a maior desde a descoberta da tumba de Pacal Votan 42 anos antes. A data precisa da Primeira Geração Perdida, foi uma indicação da profecia. O esqueleto da Rainha Vermelha tinha uma máscara de jade muito parecida com a de Pacal Votan. O significado foi que a Rainha Vermelha também havia sido uma sábia, porém sem nome e sem inscrições.
Como existe uma emanação de Pacal Votan para cumprir o ciclo, deve existir uma emanação da Rainha Vermelha correspondente. Necessita ser uma pessoa sem inscrições, quer dizer, uma aprendiz. No ano 1998 época em que eu começava a buscar uma aprendiz, casualmente me apresentaram Stephanie South, ela foi apresentada por um amigo Mago Cristal Branco, mesmo selo do descobrimento da tumba da Rainha Vermelha. Comecei a ter uma sensação rara e pouco a pouco comecei a provar-la, para saber se ela era esta pessoa. Ela demonstrava ter sonhos de encontrar um viajante do tempo que a ensinasse esta arte. No ano 2002 ficou claro que Stefhanie havia sido a não inscrita Rainha Vermelha, por isso ela é a aprendiz. Logo começamos uma série de 260 ensinamentos e deles surgiu As 7 Crônicas da História Cósmica, os primeiros cinco volumes já estão publicados. Recentemente Stefhanie escreveu também a minha biografia que está publicada em inglês e espanhol e tem como titulo - 2012, A Biografia de um viajante do tempo.

As crônicas da historia cósmica são uma recopilação de práticas para a reformulação da mente rumo a consciência cósmica? Este é o tesouro da Rainha vermelha a aprendiz?

Sim, há praticas, meditações e também muita informação necessária para começar a época da consciência cósmica com uma mente reformulada pela lei do tempo. Esta informação inclui, por exemplo, toda a ciência cósmica, a história oculta da nossa idade e do futuro, a história dos planetas perdidos e a cultura do presente e do futuro, etc...
É correto que este é tesouro da Rainha Vermelha. Quando fui apresentado a Stefhanie, a Rainha Vermelha por intermédio do seu amigo Mago Cristal Branco, este homem sentiu que deveria me reconhecer como um Terton. Esta palavra é tibetana e quer dizer; aquele que descobre os tesouros (o conhecimento escondido). Tesouro em tibetano é terma. Eu estava claro que o terma, o tesouro vivo estava encarnado na Rainha Vermelha e foi ela que me perguntou três vezes em um dia, muito cedo na sua vocação de aprendiz, ”Por Favor mestre, diga-me – o que é a história cósmica? Quando ela perguntou a última vez, tive um sinal muito profundo na minha memória – “aja! Aqui esta a chave para abrir o que necessitamos fazer juntos!” E começou o processo.

As Crônicas da Historia Cósmica ainda não estão editadas em português, há uma previsão de que este conhecimento esteja disponível no nosso idioma?

Penso que já está disponível em português. É muito importante que formem grupos de tradução para realizar-lo também.

Quais são os propósitos da Fundação para a Lei do Tempo e como a Fundação se mantém?

Difundir a mudança para ao calendário das 13 luas, e difundir um grande programa de educação sobre a lei do tempo, estes são os propósitos da Fundação pela Lei do Tempo. Apesar de viver num mundo que não compreende muito bem as nossas metas, pouco a pouco sem contar com muita ajuda financeira, seguimos publicando calendários (sincronários), e As Crônicas da Historia Cósmica. Este ano também vamos publicar o Almanaque da Sincronicidade, 13 luas dos Viajantes das Estrelas, é uma obra da Rainha Vermelha também.
Para aprofundar as investigações temos o Instituto de Investigação Galáctica, e incluímos nele o experimento Rinri da Ponte Arco íris e estudos sobre a Noosfera, Noosfera II, um experimento para ver quais são os estados da consciência que conduzem melhorias na Noosfera, etc. Agora temos um novo web site www.noosphereforum.org , um maravilhoso portal para todos participarem na criação da noosfera.

Estamos na hora, agora, deixa-nos uma mensagem:

Estamos a três anos e meio do momento profético. Necessitamos nos esforçar supermentalmente para superar o ego. Paremos de pensar no eu e começamos a pensar em nós. Esta é a rota noosférica. Somos seres individuais, porém a nossa individualidade é só uma molécula da consciência. A consciência pertence ao todo, não é uma propriedade privada de nenhuma pessoa (molécula). Existe um plano de unificação universal. Somente poderemos manejar este plano quando todos de todos os grupos que pretendem apoiar a paz, a não violência, o ambiente, os direitos humanos, se unam em uma grande aliança para uma só meta, A noosfera – Aliança para a Noosfera.
“Eu sou um com a terra, a terra e eu somos uma mente. Não sou eu, senão que nós, que esta mente seja realizada! Que a minha vida seja um desempenho da arte sagrada da unificação universal! Que a terra seja realizada como uma obra de arte!”
Obrigado pela oportunidade,
Com amor para sempre,

Valum Votan.

*Trechos da entrevista foram publicados no Jornal Bem Estar, edição de Setembro/2009.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Onde estamos no Caminho da Ascensão Espiritual?





Estava  procurando por "novos sintomas de ascensão", achei neste endereço da Karen Bishop, o site é em inglês.Usei a tradução do Google, dá para entender mas não fica 100% para postar no blog. Fiz nova pesquisa na internet por tradução em português, achei no blog Espaço Hankarra numa postagem de maio de 2009, que também fez a tradução pelo Google com melhoramento, achei que ficou ótimo. Dá para entender perfeitamente. Deixo aqui no Hora Cósmica, pois é interessante saber que toda a esquisitice que sentimos no momento atual pode ser um indicativo de "onde estamos no Caminho da Ascensão Espiritual". (Hora Cósmica)

 NOVOS SINTOMAS DE ASCENSÃO ESPIRITUAL

 Peguei no site da Karen Bishop a relação dos novos sintomas de ascensão, o site é em inglês então copiei o texto com a tradução do Google, (não encontrei já traduzido se alguém tiver me avisa), por isso algumas partes podem estar um pouco confusas, eu melhorei o que pude…
...achei interessante colocar os próximos para que as pessoas saibam que o difícil vai passar e para os que sentem já está passando tenham essa nova orientação. A ascensão espiritual ocorre em ondas e acho que é possível dizer que está crescendo e com isso os que já passaram pela primeira fase podem prosseguir...



NOVOS SINTOMAS DE ASCENSÃO ESPIRITUAL

  • Você perdeu o desejo de ser um curandeiro?
  • Você já sentiu nos últimos meses que a energia que você usou para encarnar já não está lá?
  • Você se pergunta com o que deveria se conectar e pergunta como fazer isso também?
  • De repente sente que sua vida é “aqui” e não na sua casa, em algum outro lugar?
  • Você desistiu de qualquer desejo de salvar alguém ou alguma coisa e deseja simplesmente ser você sem extensões?
  • Você desistiu de pertencer a grupos e continuamente discutir assuntos espirituais?
  • Você interrompeu a meditação, limpeza, e ações intencionais que envolvam criação, movimentação de energia, consulta a fontes divinas?
  • Você perdeu a vontade de trazer a energia do planeta, curá-lo, ou algo do gênero?
  • Você já não têm o desejo de fazer acontecer alguma coisa por si?
  • Você está cansado de estar sozinho, quando isto nunca incomodou você antes, e agora almejar a companhia de outro ou outros?
  • É a sua própria energia pessoal mais “sutil” do que costumava ser?
  • Você sente muitas vezes invisível quando sai em público?
  • Freqüentemente são as suas necessidades satisfeitas com facilidade, sem qualquer esforço real de sua parte? Ou melhor, raramente falta alguma coisa?
  • Você começou fixar fortes limites e descobriu que você não é tão “aberto” para tudo e todos que você costumava ser?
  • Você cresceu e aprecia as pequenas coisas, descobriu que você não está tão interessada em bens materiais, obtendo o que você quer, ou da maneira que quer?
  • Você chegou a perceber que tudo não é sobre você, que o comportamento dos outros não tem nada a ver com você, e assim, você deixou de tomar as coisas pessoalmente?
  • Você coloca em primeiro lugar a sua saúde e felicidade?
  • Está confortável agora para recusar-se a participar nas coisas que sente errado para você?
  • É fácil para você fechar a porta a outros, sabendo que você não precisa de ser simpático e acolhedor quando não foi sua idéia interagir com eles em primeiro lugar?
  • Você sente uma paz e tranquilidade que você raramente tinha experimentado no passado, e agora você se senti segura e protegida?
  • Você está pronto para se aposentar?
  • Você percebe muito mais do que é em torno de você, em vez do que está acontecendo dentro de você?
  • Você facilmente claramente vê para que os outros estão aqui para contribuir? Será que você reconhece e conecta-se com eles facilmente quando apropriado?
  • Você está consciente que pode interagir em grupos sem assunção ou desconto da contribuição e dons dos outros, e você pode permitir que outros se envolvam sem ter um “não me diga o que fazer” ou controladora atitude?
  • Você chegou a perceber que nada tem que ser “fixo” e nunca precisou?
  • Já descontinuou oferecer seus serviços/ajuda, quando sequer lhe foi pedido (e isto inclui a pedido da natureza e do planeta)?
  • Você encontra as respostas dentro de você agora, raramente consulta qualquer fonte externa?
  • Você sabe que você não é perfeito e nunca será?
  • Você possui um grande dom ou habilidade, que é freqüentemente notado por outros, mas não tem idéia do que estão falando?
  • Sente-se confortável assistindo outro sofrer, sabendo que este é o seu caminho e que é para um propósito maior?
  • Você é capaz de tomar decisões a partir do seu íntimo, sua intuição, ou melhor, o que simplesmente “se sente” direito, sem qualquer explicação racional?
  • Você sabe o que é seu para fazer, e percebemos que todo o resto é paixão ou propósito de alguém, há de ficar no seu próprio papel, e não no de outra pessoa?
  • Você descobriu que você gasta mais do seu tempo concentrando-se apenas em uma de suas paixões ou talentos, e não sobre uma variedade de interesses como você pode ter feito no passado?
Se você pode relacionar qualquer dos itens acima, você certamente está no seu caminho para se tornar um Earth Angel. Mas saiba que estas transições vêm até nós passo a passo. Então, você pode estar experimentando alguns dos sintomas acima, mas não todos. Com o tempo, você irá experimentar quase todos, e então descobrir que você precisa “esperar” os outros acompanhar, como todos nós somos parte de um todo, amada. Além disso, começaremos a ter novas experiências emocionantes!

Se você não sente uma grande ligação à fonte ou uma maior vibração em maneiras que você teve no passado, saiba que há uma boa explicação. Chegamos a um lugar no nosso processo evolutivo espiritual onde estamos incorporando luz suficiente dentro de nós agora. Fomos graduados. Assim, estamos agora prontos para conectar-se uns aos outros Nós estamos segurando um muito novo espaço de luz, através de uma rede de trabalho dos irmãos e irmãs, e as nossas novas conexões estão com as nossas próprias almas e uns com os outros agora.

Bem-vindos Anjos da Terra, para a próxima fase da nossa jornada casa….
Karen Bishop


Sobre a imagem acima.
Escolhi essa imagem. Achei LINDA! É assim, como uma criança vencendo etapas, passo a passo... rumo a casa do "Pai" que podemos nos sentir no momento atual. Não sei qual foi a intenção do artista Gale Franey , mas ela serve muito bem para ilustrar essa postagem que fala de ascensão. (Hora Cósmica)


Sobre Gale Franey:
Frank Gale ou melhor, Gale Franey é um fotógrafo de Vancouver, que desde 2001 desenvolve uma coleção mágica, onde mistura fotografia, colagem e tratamento digital. O artista apresenta fadas e heróis e paisagens que misturam sonhos e conto de fadas. Ele admite que cada obra leva um tempo muito longo para ser concretizada. Por exemplo, uma colagem com dragões consome 4 dias de trabalho. Atualmente, Gale trabalha com ilustrações para livros infantis, utilizando Photoshop, mas está estudando o programa Illustrator. “Depois de trabalhar tanto tempo com os pixels orgânicos do Photoshop, eles fazem tudo que quero, facilmente acrescentando ilusões como luminosidade ou 3D com os efeitos especiais. Por outro lado, o Illustrator permite mesclar efeitos, mas sem o mesmo realismo sutil”. No momento, está experimentando e tentando soluções que tornem o trabalho mais confortável com as ferramentas e efeitos.

Meditação coletiva - É CHEGADO O MOMENTO DE NOS UNIR EM ORAÇÃO PELO PLANETA E POR TODOS OS SERES QUE AQUI VIVEM



"Os sinais dos céus são evidentes, nos alertando que é chegado o momento de mudar tudo, de dar uma guinade de 180º na direção que seguimos, e recomeçar..."

Ao que posso atribuir os desconfortos e as dores físicas?




Muitos dos desconfortos e das dores físicas que temos resultam da falta de fluência da energia da alma nos corpos. É ela que cura. Podemos fazer diferentes tratamentos, seguir diferentes métodos, mas devemos saber disso. Façamos tudo o que tivermos de fazer, mas não nos esqueçamos de deixar fluir essa energia. Isto significa não ter pensamentos contrários ao amor.

TRIGUEIRINHO

(retirado do Jornal Sinais - janeiro a abril de 2005)
(Imagem Google)

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Fiscalizando a obra

Gato é curioso!!!



Adora uma bagunça...



...gosta de novidade.



...teimosos



...exploradores



Conferindo o material



São aventureiros...



Conferindo tudo bem de perto...





Saindo da rotina







Enquanto isso a Ísis...




Lembrando... Satélite mostra destruição após tsunami - Dezembro 2004


Nestas imagens pode-se ver a extensão da destruição da cidade de Banda Aceh, na região norte da ilha de Sumatra. A foto superior foi feita após o tsunami, no dia 28 de dezembro enquanto a inferior mostra a mesma localidade alguns meses antes, no dia 23 de junho. Note que toda a faixa costeira está submersa.

Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Maior berçário estelar


"...Muitas das estrelas azuladas mostradas na imagem são algumas das maiores estrelas conhecidas..."

Maior berçário estelar vizinho à Via Láctea

Esta linda imagem mostra em detalhes o maior berçário estelar na nossa vizinhança intergaláctica. Este agrupamento estelar, chamado de R136, tem poucos milhões de anos de idade, e reside na Nebulosa de Tarântula, uma galáxia-satélite da Via Láctea.
Cientistas não conhecem nenhuma outra região com formações estelares tão grandes quanto as desta nebulosa. Muitas das estrelas azuladas mostradas na imagem são algumas das maiores estrelas conhecidas. Várias delas são mais de 100 vezes maiores que o Sol, e têm como destino a explosão como supernovas daqui a alguns milhões de anos.

domingo, 24 de janeiro de 2010

Bebês de Melissa com 27 dias

Que amor!!!!



Mamãe Melissa atenta aos filhos fora do berço (caixa)
















Fazendo lutinha... rsrsrsss...







Clique aqui e veja os Bebês com 7 dias.

Fotos Hora Cósmica
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...